G1 Santos

Segurança que espancou e matou estudante em casa noturna é condenado a 18 anos de prisão

today21 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

Imagens mostram início da briga entre clientes e segurança em casa noturna de Santos, SP

Imagens mostram início da briga entre clientes e segurança em casa noturna de Santos, SP



Thiago Ozarias Souza é apontado como principal agressor, responsável por desferir pelo menos 12 golpes contra a vítima. Ele foi julgado por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e sem chance de defesa da vítima.

O julgamento teve início por volta das 10h da última quarta-feira (20) e terminou por volta da meia noite. Ao todo, 21 jurados foram convocados e 7 foram selecionados para o processo. Além disso, oito pessoas foram ouvidas.O segurança foi condenado a 18 anos de prisão.

O advogado de defesa do caso, Renato Capusso Velloso, revelou que as partes trabalharão para diminuição da pena de Thiago. “Infelizmente, a lei não foi unânime. Já apresentamos o termo de recurso e agora vamos trabalhar para tentar desclassificar ou diminuir essa pena”, disse em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Globo.

Em contrapartida, o assistente de acusação, Armando de Mattos Junior, disse que os trâmites administrativos podem ser levados ao Tribunal de Justiça para aumento da pena, caso a proposta seja acatada pelo Ministério Público e a família da vítima.

O pai de Lucas, Isaías de Paula, também expôs sua opinião sobre a decisão. “Não é querer mal de ninguém. Eu, no meu modo de ver, acho que caberia uma condenação maior. A gente sabe que, daqui a pouco, pelo bom comportamento dele lá dentro, depois de ter matado uma pessoa, vai começar a sair, saidinhas, visitas, vai visitar o filho dele, mas o meu filho eu nunca mais vou ter ele comigo”, conta.

Além de Thiago, outras três pessoas foram acusadas pelo Ministério Público sobre o caso, sendo dois seguranças e o dono da casa noturna.

Um dos réus, o segurança Anderson Luiz Pereira Brito, morreu em 2021. Ele estava foragido e faleceu em Itapetininga, no interior do estado. O segurança Sammy Barreto Callender e o proprietário do estabelecimento Vitor Alves Karam devem passar por julgamento na próxima semana.

Lucas Martins de Paula, de 21 anos, morreu em Santos — Foto: Arquivo Pessoal

Lucas Martins de Paula, de 21 anos, foi agredido até desmaiar após uma confusão dentro e fora da casa noturna Baccará Backstage. Ao g1, o pai da vítima, Isaías de Paula, contou que amigos que estavam com o filho relataram que ele foi ao caixa para pagar a conta e questionou a cobrança de R$ 15 a mais.

No momento da reclamação, houve discussão e briga entre os clientes e os vigilantes do local. Em um primeiro momento, a defesa da casa noturna negou que os funcionários tivessem participado. Dias depois, o defensor da empresa mudou a versão e admitiu o envolvimento de seguranças na ação.

Porta do Baccará Backstage amanhece pichada após morte de Lucas. — Foto: G1 Santos

A vítima foi espancada até desmaiar na calçada do estabelecimento. O jovem foi socorrido por equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, posteriormente, para a Santa Casa de Santos.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

torcedores-do-santos-pagam-promessa-e-andam-de-joelhos-na-praia-apos-vitoria-do-time;-video

G1 Santos

Torcedores do Santos pagam promessa e andam de joelhos na praia após vitória do time; VÍDEO

A orla da praia de Santos, no litoral de São Paulo, foi cenário escolhido por dois torcedores do Santos Futebol Clube para pagar uma promessa. Os amigos Gabriel Atik da Costa Ramos, de 23 anos, e Yuri Toledo Piza do Nascimento, de 22, andaram ajoelhados por mil metros na areia da praia após a vitória do Alvinegro sobre o Bahia pela 22º rodada do Campeonato Brasileiro, competição em que o […]

today21 de setembro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%