G1 Mundo

Sem abrigo, mais de 150 afegãos com vistos humanitários voltam a lotar saguão do Aeroporto Internacional de SP, em Guarulhos

today27 de novembro de 2023 10

Fundo
share close

Sem abrigo disponível, o número de afegãos à espera de acolhimento aumentou em um dos saguões do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Dados deste domingo (26) levantados por voluntários de ONGs apontam que são 170 pessoas acampadas. Desse total, 45 são crianças.

“Dentro do aeroporto a gente não essa estrutura básica. Tem alguns vestiários do aeroporto que são dos funcionários. Então, a gente tem uma dificuldade de locomovê-los para fora para tomar banho em outros locais”, afirmou Ana Paula Pinhati Oliveira, vice-presidente da Organização de Resgate dos Refugiados Afegãos.

“É importante destacar também que é uma população que a maioria é mulçumana. Então, antes das refeições, eles deveriam fazer um processo de higiene e isso é impossível dentro das condições que a gente tem no aeroporto”, ressaltou.



A alimentação está sendo fornecida pela prefeitura de Guarulhos de segunda a sexta feira. Já aos finais de semana são as ONGs que levam as marmitas.

Afegãos acampados em Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma das possibilidades estudadas pelas autoridades era um abrigo em Franco da Rocha com capacidade para 150 pessoas. Contudo, a prefeitura informou que “o centro chegou a ser avaliado pelo governo do estado como alternativa, mas, por questões técnicas, foi descartado”.

“Quando vai acabar este tormento? Desde 30 de junho todos se reuniram e Franco da Rocha iria receber, mas o governo estadual barrou. As ajudas humanitárias estão escassas”, afirma Aline Sobral, do Coletivo Frente Afegã.

O governo estadual, através a Secretaria Estadual de Desenvolvimento, informou à reportagem que está em tratativas para acolher refugiados em um complexo na Região Metropolitana de São Paulo.

O local poderá atender até 300 pessoas, e as primeiras serão os afegãos que estão acampados no aeroporto. A previsão é de que o espaço fique pronto em 30 dias. Porém, o governo não informou em que cidade ficará.

Concessão de visto temporário e autorização de residência

Afegãos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos — Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo a portaria, o visto ou autorização de residência serão concedidos devido à instabilidade institucional e violações de direitos humanos registradas no Afeganistão desde que o Talibã retomou o poder no país, em agosto de 2021.

No caso dos afegãos que desejam vir ao Brasil e ainda não deixaram o país de origem, o governo restringiu para 2 as possibilidades do pedido de um visto temporário em outros países: agora, deve ser solicitado nas Embaixadas do Brasil em Teerã (Irã) e Islamabade (Paquistão).

Em setembro de 2021, o Itamaraty autorizou a concessão dos vistos em 5 embaixadas: Teerã, Moscou (Rússia), Ancara (Turquia), Doha (Catar) e Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) para processar os pedidos de visto “para acolhida humanitária”.

O documento terá prazo de validade de 180 dias. O governo disse que a emissão dos vistos estará condicionada à capacidade da oferta de abrigo dos afegãos no país.

Afegãos no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos — Foto: Fábio Tito/g1

Em 2022, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) atendeu 1.035 afegãos. A maioria era composta por homens entre 18 e 59 anos (490) e mulheres na mesma faixa etária (248). Dessas 738 pessoas, 50,4% possuem formação universitária e 6,5% são pós-graduadas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

brasileiro-que-derrubou-agressor-e-recebido-pelo-primeiro-ministro-da-irlanda-e-ganha-medalha-por-deter-ataque-em-dublin

G1 Mundo

Brasileiro que derrubou agressor é recebido pelo primeiro-ministro da Irlanda e ganha medalha por deter ataque em Dublin

Caio Benício estava trabalhando quando viu um homem esfaqueando uma menina de cerca de cinco anos. Cinco pessoas foram esfaqueadas. Caio Benício foi recebido pelo primeiro-ministro Leo Varadkar na Irlanda — Foto: Reprodução O entregador brasileiro Caio Benício, de 43 anos, que mora na Irlanda e reagiu ao ataque a facadas que deixou 5 feridos — 3 deles crianças — perto de uma escola de Dublin, foi recebido pelo primeiro-ministro […]

today27 de novembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%