G1 Mundo

Senado dos EUA confirma nova embaixadora na Rússia

today22 de dezembro de 2022 14

Fundo
share close

O anúncio foi feito horas antes de o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, visitar os EUA.

Tracy, diplomata de carreira e atual embaixadora na Armênia, será a primeira mulher a servir como embaixadora norte-americana na Rússia. Não ficou claro quando ela assumirá o cargo, já que a Rússia também precisa concordar com a indicação. 

“Os Estados Unidos precisam de uma embaixadora para nos representar em Moscou”, disse o senador Bob Menendez, presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado, observando que era o 300º dia da guerra russa na Ucrânia.



Tracy foi confirmada com uma votação esmagadora de 93-2. Os dois votos negativos vieram dos senadores republicanos Rand Paul e Mike Lee.

Washington tem fornecido de maneira constante armas e assistência econômica ao governo de Zelensky enquanto a Ucrânia luta contra as tropas russas.

Nova embaixadora fala russo e já trabalhou em Moscou

Biden anunciou a indicação de Tracy em setembro, semanas após a saída de John Sullivan, que havia sido nomeado pelo ex-presidente republicano Donald Trump e que era o embaixador quando a invasão da Ucrânia pela Rússia em fevereiro mergulhou as relações entre os dois países a níveis nunca vistos desde a Guerra Fria.

Tracy, que fala russo, serviu como vice-chefe da missão em Moscou de 2014 a 2017.

A Rússia questionou na semana passada a adequação de Tracy para o cargo, sugerindo que ela poderia se sentir mais em casa em um think tank de linha-dura. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse que os comentários de Tracy na imprensa e no comitê de Relações Exteriores mostraram que ela via sanções mais rígidas contra Moscou como o caminho a seguir nas relações bilaterais. Ela disse que Tracy também notou a necessidade de contatos com a oposição e a sociedade civil.

Moscou tem um embaixador em Washington, Anatoly Antonov.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guerra-na-ucrania:-o-significado-historico-–-e-estrategico-–-da-visita-de-zelensky-a-washington

G1 Mundo

Guerra na Ucrânia: o significado histórico – e estratégico – da visita de Zelensky a Washington

Biden recebe Zelensky: 'vamos continuar a fortalecer a capacidade de defesa da Ucrânia' Fazendo um paralelo entre a 2ª Guerra Mundial e a invasão da Ucrânia pela Rússia, Pelosi comparou o momento ao discurso que o primeiro-ministro britânico Winston Churchill fez ao Congresso americano em 1941, poucos dias após o ataque japonês a Pearl Harbor e à entrada dos americanos na guerra. A líder do Partido Democrata também enviou uma […]

today22 de dezembro de 2022 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%