Prefeitura de Guarujá

Simpósio de Educação reúne quase 3 mil profissionais e estratégias em TEA

today23 de novembro de 2023 6

Fundo
share close

Alexandre Melo e Ana Paula Chacur, pais e especialistas na área, compartilharam suas experiências e esforços para ampliar a inclusão social

Com mais de 2,8 mil profissionais da rede municipal de ensino, nove horas ininterruptas de evento e diversas estratégias em Transtorno do Espectro Autista (TEA): assim, a Prefeitura de Guarujá selou o ‘Simpósio de Educação 2023’, realizado na terça-feira (21), no Casa Grande Hotel Resort & Spa. O encontro trouxe o educador físico Alexandre Melo e a arquiteta Ana Paula Chacur, que desde o diagnóstico dos filhos para deficiência se dedicam à promoção de políticas públicas mais acessíveis.

Dividido em dois ciclos de palestras, entre os períodos matutino e vespertino, o encontro com o tema ‘Educação de todos para todos’ foi aberto pelo prefeito, que comemorou as conquistas dos últimos sete anos. Todo o evento também contou com intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

“Em nosso desafio de formar pessoas, somamos mais de 80% da fila de espera reduzida nas creches, dezenas de escolas reformadas e a implantação de novos projetos. A educação especial, por exemplo, ganhou importantes investimentos nas salas de recursos multifuncionais, a partir de tecnologia e mais colaboradores qualificados”, destacou.

A primeira ministração ficou por conta do também especialista em TEA, Alexandre Melo, que discorreu sobre “Manejo de comportamentos inadequados”. Ele é pai de dois meninos gêmeos com 10 anos de idade e grau 3 de suporte, além de uma garotinha de 1 ano e 7 meses. Após o nascimento dos primogênitos foi que começou a estudar para compreender a melhor forma de ajudar a família.



De acordo com Alexandre, uma das principais preocupações coletivas deve ser preparar as crianças autistas para a fase adulta. Por isso, compreender os seus comportamentos e consequências é fundamental. Não há uma fórmula exata para todos, mas o respeito e uma série de técnicas em comunicação funcional e reforço positivo diminuem as ações inadequadas, bem como as crises.

Como exemplo, os educadores conheceram um chaveiro e um avental personalizado com figurinhas. Os dois elementos possuem recursos visuais e sensoriais para facilitar a troca com os autistas em sala de aula. “Todo comportamento é uma forma de se comunicar. Precisamos sempre buscar ferramentas para entender o que os nossos alunos e filhos querem dizer. O trabalho é constante e recompensador, pois proporciona qualidade de vida, autonomia e inclusão social”, finalizou Alexandre Melo.

Ampliando a acessibilidade de autistas

A arquiteta Ana Paula Chacur aproveitou a oportunidade para mostrar como usou a sua profissão para lutar por novas políticas públicas. Isso porque, em 2010, cerca de 1 ano e 3 meses após ganhar a primeira filha, recebeu o diagnóstico de malformação cerebelar, que cientificamente demonstra relação com o autismo.

Ela explica que precisou se aprofundar em diversas questões de saúde, para assegurar o mínimo de assistência à filha. Os desafios à época eram tão grandes, que ao não conseguir o suporte adequado na primeira escola da filha, passou a acompanhá-la na unidade para mediar a sua comunicação. O trabalho deu certo e rendeu muitos frutos, inclusive, a mobilização de pais e autoridades para a causa.

Desde então, ela usa sua primeira formação para ampliar a acessibilidades nas escolas. Os seus projetos priorizam sete aspectos, entre eles, acústica, segurança, zonas de transição e saídas de emergência.

Mais de 34 mil alunos

Atualmente, a rede municipal de ensino tem mais de 34 mil alunos. Deste universo, aproximadamente 1,4 mil integram a Educação Especial. Para se ter uma idéia, desde 2017 a Administração Municipal desenvolve dezenas de iniciativas para proporcionar um ensino igualitário para todos. O Simpósio anual é uma das estratégias e já trouxe dezenas de profissionais de referência.

O secretário municipal de Educação, que também é professor, agradeceu pelo compromisso dos colaboradores. “Se temos avançado junto às nossas crianças, adolescentes e adultos, é porque estamos no caminho certo. Muito obrigado a vocês educadores, diretores, monitores, inspetores de alunos, gestores e todos os demais colaboradores que trabalham arduamente. Em breve, também disponibilizaremos o conteúdo do Simpósio na íntegra”, finalizou.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Geilton Junior

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-celebra-dia-de-nossa-senhora-das-gracas-neste-sabado

Prefeitura de Guarujá

Guarujá celebra Dia de Nossa Senhora das Graças neste sábado

Programação acontece na Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho Guarujá realiza a Festa de Nossa Senhora das Graças neste sábado (25), a partir de 18 horas, na Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho. A comemoração é alusiva ao dia da padroeira, comemorado em 27 de novembro. A programação, que conta com louvor mariano, missa campal e procissão luminosa, tem o apoio da Prefeitura. A partir de 18 horas, […]

today23 de novembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%