Prefeitura de Guarujá

Simulação de novo sistema de sirenes para alerta de temporais tem apoio da comunidade

today1 de fevereiro de 2024 14

Fundo
share close

Equipamento é mais uma ferramenta para as ações preventivas realizadas pela Defesa Civil de Guarujá

A primeira simulação do novo sistema de sirenes para alerta de temporais e áreas de risco, instalado no Morro da Barreira do João Guarda, reuniu mais de 100 moradores do local nesta quarta-feira (31). O Sistema de Alerta Remoto (SISAR) contém avisos para emergências durante eventos climáticos extremos e é mais uma ferramenta para as ações preventivas da Defesa Civil de Guarujá.

A sirene, instalada na Escola Municipal Sérgio Pereira, faz com que as mensagens sonoras cheguem com clareza até por volta de 400 metros de distância.

A atividade realizada nesta quarta-feira (31) contou com as equipes de Defesa Civil de Guarujá percorrendo diversas ruas do local a fim de informar aos moradores sobre o funcionamento do novo equipamento. O local foi escolhido após análise de equipe técnica, com base nos riscos e estatísticas de acidentes geológicos. A comunidade ainda teve acesso ao Mapa Comunitário de Risco, cartilha que oferece dicas e orientações sobre o que fazer diante de um deslizamento de terra.

A sirene pode ser acionada à distância pela Sede da Defesa Civil de Guarujá ou de forma manual, no próprio ponto de instalação. Quando o sistema de alerta é acionado, o toque da sirene é alternado com mensagens de voz sobre a previsão de chuva, riscos de deslizamentos na área e pedido para que os moradores dirijam-se para locais seguros e pontos de encontro.



Investimento

O investimento é de R$ 2,4 milhões e contempla material e instalação de torres de transmissão, realizado pelo Governo do Estado. Entre os critérios para escolha dos municípios está o risco de deslizamentos e alagamentos, volume de chuva registrado nas regiões, número de óbitos e desalojados, centro de operações e controle que já funcionam 24 horas.

Futuramente, as ruas do bairro receberão placas de sinalização indicando rotas de fuga, áreas sujeitas a erosão e desmoronamento, pontos de encontro e abrigos emergenciais. A comunidade também vai receber um Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec), com a participação dos moradores e integração direta com os agentes.

O modelo seguirá os moldes da iniciativa realizada com êxito na Prainha Branca. O objetivo é contar com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e da Fundação SOS Mata Atlântica para a qualificação de voluntários, que serão multiplicadores de informações e farão o primeiro atendimento no local, e compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Investimentos

O equipamento se soma a outros métodos de alerta que a Cidade já possui e foram fundamentais para que não houvesse vítimas fatais no temporal de fevereiro de 2023.  O Município conta com 15 estações com pluviômetros automáticos, que cobrem 143 quilômetros quadrados de extensão da Ilha de Santo Amaro, monitorando as áreas de risco geológico e áreas suscetíveis a alagamentos, enchentes e inundações. Além disso, a Cidade possui sensor de umidade para monitoramento do solo e também monitoramento climático com os sensores de raios e o radar meteorológico.

A Defesa Civil mantém as vistorias preventivas diárias. Além disso, coordena e opera o Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) específico para escorregamentos, desde 1989.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Geilton Junior

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pat-guaruja-oferta-65-vagas-de-emprego-nesta-sexta-feira-(2)

Prefeitura de Guarujá

PAT Guarujá oferta 65 vagas de emprego nesta sexta-feira (2)

Abaixo, veja as exigências de cada vaga e como concorrer 35 vagas – Auxiliar de Serviços Gerais Experiência não exigida Escolaridade: Ensino Fundamental 05 vagas – Promotor de Vendas Experiência na função Escolaridade: Ensino Médio e Informática 05 vagas – Controlador de Acesso Experiência na função Escolaridade: Ensino Médio 03 vagas – Açougueiro Experiência na função Escolaridade: Ensino Fundamental 03 vagas – Ajudante de Obras Experiência na carteira Escolaridade: Ensino Fundamental 02 vagas – Pedreiro Experiência […]

today1 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%