G1 Mundo

Submarino desaparecido: veja cronologia

today20 de junho de 2023 48

Fundo
share close

Os destroços do Titanic estão a cerca de 700 km ao sul de St John’s, Newfoundland, no Canadá, embora a missão de resgate esteja sendo liderada de Boston, em Massachusetts (EUA).

Cinco pessoas entram em um submarino para tentar chegar aos destroços do Titanic, para a primeira viagem de 2023.

A empresa de turismo marítimo, OceanGate Expeditions, cobra US$ 250 mil (R$ 1,19 milhão) dos passageiros por um lugar em sua expedição para ver os destroços.



Para ir até o local, uma grande embarcação saiu de Newfoundland, no Canadá, carregando a embarcação. Como o veículo não é autônomo como um submarino de grande porte, precisa ser carregado na superfície do mar por 643 km até a região onde estão os destroços.

O grupo chega ao local no Oceano Atlântico onde fará a viagem e inicia os preparos para o turismo subaquático.

Por volta das 8 horas, começa a descida até o Titanic. A expectativa era que levasse cerca de duas horas para chegar até o local. Porém, o submarino perdeu comunicação depois de uma hora e 45 minutos de descida.

A Guarda Costeira dos Estados Unidos anuncia por volta das 14 horas, que estavam “procurando por um submarino de pesquisa canadense”. Três horas depois, a instituição realizou uma coletiva de imprensa para afirmar que estava “trabalhando muito” para localizar os viajantes.

“É um desafio realizar uma busca nessa área remota, mas estamos mobilizando todos os recursos disponíveis para garantir que possamos localizar a embarcação e resgatar as pessoas a bordo”, declarou o contra-almirante da Guarda Costeira dos EUA, John Mauger, a repórteres em Boston, onde supervisionava a operação.

Submarino com turistas que queriam ver o Titanic desaparece no Oceano Atlântico — Foto: Jornal Nacional/ Reprodução

O primeiro viajante identificado foi Hamish Harding, um bilionário que é cofundador e presidente da Action Aviation, uma empresa especializada em serviços de aviação e aeroespaciais. Segundo a Reuters, seu enteado afirmou no Facebook que o padrasto estava “desaparecido em um submarino” e pediu orações.

No mesmo horário, mídias internacionais informaram que Paul-Henry Nargeolet também estaria no submarino. Não houve confirmação se ele estava na viagem.

Montagem – O britânico Hamish Harding, o paquistanês Shanzada Dawood e o francês Paul-Henry Nargeolet — Foto: Arte/g1

Por volta das 9 horas, as equipes que procuram pelo submarino desaparecido anunciaram que vão ampliar a área das buscas. A operação está sendo feita em conjunto pelas Forças Aéreas dos Estados Unidos e do Canadá.

Às 11h40, a França Outro país que se aliou as buscas foi a França. O país vai enviar um navio, chamado Atalante, que é administrado pelo instituto de pesquisas Ifremer, e atua sob a alçada do ministério.

Mapa mostra a localização dos restos do Titanic no Oceano Atlântico — Foto: Arte/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

destruicao-de-represa-na-ucrania-causou-prejuizo-de-mais-de-r$-6-bilhoes,-diz-kiev

G1 Mundo

Destruição de represa na Ucrânia causou prejuízo de mais de R$ 6 bilhões, diz Kiev

A destruição da vasta represa hidrelétrica de Kakhovka causou danos de € 1,2 bilhão (R$ 6,27 bilhões), disse o ministro do Meio Ambiente da Ucrânia nesta terça-feira (20). Ruslan Strilets alertou ainda que algumas minas terrestres desenterradas por enchentes podem atingir a costa de outros países europeus. O ministro informou também que as avaliações dos danos estão em andamento, mas o colapso da barragem já foi o maior desastre ambiental […]

today20 de junho de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%