G1 Mundo

Técnico do PSG e seu filho são detidos por suspeitas de discriminação na França

today30 de junho de 2023 12

Fundo
share close

O ainda técnico do Paris Saint-Germain (PSG), Christophe Galtier, e seu filho John Valovic-Galtier foram detidos nesta sexta-feira (30) no âmbito de uma investigação por suspeitas de discriminação após acusações de racismo, informou o Ministério Público à AFP.

Os dois estão sob custódia policial em Nice (sudeste da França), anunciou o promotor Xavier Bonhomme.

Em meados de abril, a justiça abriu uma investigação por suspeitas de discriminação racial ou religiosa quando Galtier, 56 anos, era treinador do Nice.



O jornalista independente Romain Molina e a rede RMC Sports haviam divulgado alguns dias antes a existência de um e-mail atribuído ao ex-dirigente do Nice Julien Fournier. Na mensagem, redigida no final da temporada 2021-22, ele denuncia palavras discriminatórios de Galtier a respeito de parte dos jogadores do Nice, com referências às origens e à religião dos atletas.

Galtier, que nega a acusação, denunciou Fournier e os jornalistas Daniel Riolo e Romain Molina por difamação, depois que recebeu ameaças de morte pela internet.

A detenção aconteceu poucos dias antes do anúncio de seu sucessor como técnico do PSG. O espanhol Luis Enrique Martínez é considerado o grande favorito para assumir o cargo.

Apesar de ter conquistado o título de campeão da França com o PSG, Galtier foi informado no início de junho que não continuaria à frente do clube, apesar de ter contrato até 30 de junho de 2024.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

calor-extremo-no-mexico-chega-a-49oc-e-causa-mais-de-100-mortes-em-junho

G1 Mundo

Calor extremo no México chega a 49ºC e causa mais de 100 mortes em junho

Durante este período, foram reportadas mais de mil emergências que podem estar ligadas às altas temperaturas. Dessas, 104 causaram mortes, segundo um relatório da secretaria de Saúde, publicado na quarta-feira (28). As autoridades já tinham reportado outras oito mortes de 14 de abril a 31 de maio, somando 112 falecimentos, entre 1.559 casos registrados desde o início da temporada quente em 19 de março. Esta semana a temperatura máxima foi […]

today30 de junho de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%