G1 Santos

Terceira morte por dengue é registrada no Vale do Ribeira, SP

today15 de março de 2024 1

Fundo
share close

Uma idosa, de 77 anos, morreu vítima de dengue em Ilha Comprida, no interior de São Paulo. Essa é a primeira morte pela doença registrada pelo município em 2024 e a terceira no Vale do Ribeira (leia mais abaixo).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (SES), a paciente começou com os sintomas em 2 de março. Ela passou por médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em três datas, até ser transferida de hospital e morrer no último dia 7.

A causa da morte foi choque Séptico, Infecção do trato urinário, dengue e doença de Alzheimer — a paciente já era diagnosticada com a condição neurodegenerativa.



Os primeiros sintomas da idosa foram fraqueza, sonolência e fata de apetite. No dia 3, primeira vez que foi à UPA, os exames deram positivo para dengue e infecção do trato urinário. A paciente foi medicada conforme prescrição médica.

Ela ainda voltou à unidade no dia 4 e 6, mas foi em 7 de março que o quadro agravou e precisou ser transferida a um hospital referência, onde chegou a ser entubada. Por volta das 22h daquele dia, porém, não resistiu e morreu.

Em fevereiro, um idoso de 85 anos morreu em decorrência de dengue hemorrágica em Registro. O paciente deu entrada na UPA e foi encaminhado ao Hospital Regional de Registro (HRR). Ele ficou internado no local, mas não resistiu.

De acordo com a SES, outros dois óbitos suspeitos de dengue estão em investigação no Vale do Ribeira.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mesmo-diante-da-comprovacao-de-tortura-sexual,-onu-nao-reconhece-hamas-como-grupo-terrorista

Pleno News

Mesmo diante da comprovação de tortura sexual, ONU não reconhece Hamas como grupo terrorista

Lawrence Maximus - 15/03/2024 14h07 Bandeira de Israel Foto: EFE/EPA/MARTIN DIVISEK Na última segunda-feira (11), a representante especial da ONU sobre Violência Sexual em Conflitos, Pramila Patten, compareceu a uma reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas para apresentar os resultados de um relatório sobre os crimes cometidos pelo Hamas contra as mulheres israelenses durante o massacre do 7 de outubro. Ela caracterizou a situação como indescritível e brutal, […]

today15 de março de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%