G1 Mundo

Terremoto atinge Mendoza, na Argentina

today6 de julho de 2023 5

Fundo
share close

Mais cedo, outro tremor foi registrado na fronteira do país com o chile.


Um terremoto de magnitude 4,6 foi registrado na região de Mendoza, na Argentina, na noite desta quarta-feira (5), segundo o Instituto Nacional de Prevenção Sísmica (INPS) do país.



De acordo com os especialistas, o tremor aconteceu a uma profundidade de 19 quilômetros. Ainda não há informações sobre feridos.

Mais cedo no mesmo dia um terremoto de magnitude 5,6 atingiu a região fronteiriça entre o Chile e Argentina, registrou o INPS. O tremor ocorreu a 163 quilômetros da superfície.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vazamento-de-gas-toxico-mata-16-pessoas,-incluindo-tres-criancas,-na-africa-do-sul

G1 Mundo

Vazamento de gás tóxico mata 16 pessoas, incluindo três crianças, na África do Sul

Autoridades ainda não identificaram substância que causou mortes. Um policial e membros da equipe forense perto do corpo de uma criança no local de um suposto vazamento de gás perto de Boksburg, a leste de Joanesburgo, África do Sul, 6 de julho de 2023. — Foto: REUTERS/Siphiwe Sibeko Pelo menos 16 pessoas morreram em um assentamento informal perto de Boksburg, a leste de Joanesburgo, na África do Sul, após uma […]

today6 de julho de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%