G1 Mundo

Terremotos na Turquia e na Síria: como equipes de resgate salvam pessoas soterradas

today9 de fevereiro de 2023 11

Fundo
share close

Uma operação de busca e resgate está em andamento, com equipes especializadas chegando de todo o mundo.

No entanto, pessoas em algumas áreas fortemente atingidas dizem que o socorro tem sido lento. Alguns tiveram que cavar com as próprias mãos para encontrar parentes.



Busca por vítimas de terremoto entra em momento crítico

Busca por vítimas de terremoto entra em momento crítico

Como iniciar uma operação de busca e resgate?

Quando os socorristas chegam ao local de um terremoto, avaliam quais prédios desabados têm maior probabilidade de conter pessoas presas.

Eles fazem isso procurando por “vazios” — espaços sob grandes vigas de concreto ou escadas onde os sobreviventes podem ser encontrados.

A possibilidade de um edifício desabar ainda mais deve ser levada em conta, assim como outros perigos, como vazamentos de gás, inundações e itens perigosos, como amianto em telhados.

Enquanto as equipes de resgate tentam alcançar os sobreviventes, os trabalhadores de apoio observam os movimentos da estrutura que desmoronou e ficam atentos a sons estranhos.

Edifícios que desabaram completamente são geralmente os últimos a serem revistados, porque a probabilidade de encontrar sobreviventes é muito pequena.

O trabalho das equipes de resgate é coordenado por uma agência, geralmente a Organização das Nações Unidas (ONU) e o país anfitrião. Os socorristas são especialmente treinados e trabalham em duplas ou equipes maiores, enquanto a população local também costuma estar envolvida.

Que equipamento de resgate é necessário?

Para remover os escombros, as equipes de resgate usam máquinas pesadas — incluindo escavadeiras e macacos hidráulicos.

Grandes lajes de concreto do lado de fora dos edifícios podem ser puxadas por escavadeiras, permitindo que os socorristas tenham uma visão de qualquer pessoa presa no seu interior.

O equipamento de vídeo na extremidade de estacas flexíveis pode ser passado por aberturas para ajudar a localizar os sobreviventes.

Equipamentos de som especializados podem detectar o mais fraco dos ruídos em poucos metros. O silêncio no local é necessário enquanto um membro da equipe de resgate bate três vezes e espera ouvir uma resposta.

Detectores de dióxido de carbono podem ser usados para encontrar sobreviventes inconscientes. Estes funcionam melhor em espaços confinados, pois detectam a maior concentração de CO2 no ar exalado por quem ainda respira.

O equipamento de imagem térmica pode ser usado para localizar pessoas que não estão diretamente na linha de visão do socorrista, porque o calor do corpo pode aquecer os escombros ao seu redor.

O que os cães de resgate fazem?

Usando seu olfato, cachorros especialmente treinados podem captar sinais de vida onde os socorristas humanos não conseguem.

Os cães também conseguem cobrir grandes áreas rapidamente, acelerando o processo de busca e resgate.

As pessoas precisam usar as próprias mãos?

Retiradas as grandes lajes e estruturas, as equipes de resgate usam as mãos e pequenas ferramentas como martelos, picaretas e pás, além de motosserras, cortadores a disco e cortadores de vergalhões — que podem ser usados para romper as barras metálicas em concreto armado.

Eles têm equipamentos de proteção, incluindo capacetes e luvas para proteger as mãos enquanto removem pedaços pontiagudos de entulho.

No entanto, em algumas áreas da Turquia — onde os esforços de resgate foram lentos e não há maquinário disponível — a população local está cavando com as próprias mãos os escombros congelados e úmidos.

Bedia Gucum, dona de um restaurante em Adana, no sul da Turquia, disse à BBC: “Precisamos de luvas de trabalho grossas para mover os escombros com as mãos. Porque uma vez que ouvem alguém vivo lá dentro, toda a maquinaria pesada para e eles têm que cavar com as mãos, e isso está além da capacidade humana”.

Como é decidido o horário de término de uma operação?

Essa decisão é tomada entre a agência de coordenação da ONU e o governo central e local do país anfitrião.

As tentativas de busca e resgate geralmente são canceladas entre cinco e sete dias após um desastre, após ninguém ser encontrado vivo por um ou dois dias.

No entanto, sabe-se que pessoas foram resgatadas com vida além desse momento.

Em 2010, um homem foi encontrado vivo após 27 dias preso sob os escombros, após um terremoto no Haiti.

Em 2013, uma mulher foi retirada das ruínas de uma fábrica em Bangladesh, 17 dias após o desabamento.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

estado-americano-do-missouri-veta-lei-que-restringiria-porte-de-armas-para-criancas

G1 Mundo

Estado americano do Missouri veta lei que restringiria porte de armas para crianças

A proposta foi rejeitada por uma maioria significativa: Votos favoráveis a restringir o porte de arma foram 39;Votos contrários foram 104. Um único deputado do Partido Republicano votou a favor da medida de restrição. Donna Baringer, uma deputada do Partido Democrata que era favorável à proibição de armas para crianças disse que os policiais do estado pediam a medida, segundo eles, para impedir que garotos de 14 anos andem no […]

today9 de fevereiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%