G1 Mundo

Terremotos seguidos de deslizamento deixam uma pessoa morta e 16 feridas no Nepal

today4 de outubro de 2023 5

Fundo
share close

Tremores foram sentidos em uma região que faz fronteira com a Índia e provocaram o desabamento de várias casas. Equipes atuaram no socorro às vítimas entre terça-feira (3) e esta quarta-feira (4).


Mapa mostra ponto onde terremoto foi registrado no Nepal, em 3 de outubro de 2023 — Foto: Centro Nacional de Sismologia da Índia



Uma pessoa morreu e outras 16 ficaram feridas após dois terremotos seguidos no Nepal, de acordo com as autoridades do país. O incidente aconteceu na terça-feira (3). Equipes continuaram o trabalho de resgate nesta quarta-feira (4).

Os terremotos, de magnitude 6,3 e 5,3, aconteceram em um intervalo de meia hora, atingindo o distrito de Bajhand, na fronteira com a Índia.

Após os tremores, um deslizamento de terra atingiu uma vila da região, matando uma mulher. O corpo dela foi encontrado soterrado pelos socorristas.

Os terremotos também derrubaram várias casas, deixando várias pessoas feridas.

Terremotos são frequentes no Nepal, que é conhecido por ser uma região montanhosa e por abrigar parte do Monte Everest.

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

a-obra-que-devolveu-vida-a-rio-‘morto’-ha-dois-seculos

G1 Mundo

A obra que devolveu vida a rio ‘morto’ há dois séculos

Ele está sentado na margem do Swindale Beck, um trecho de rio próximo ao reservatório de Haweswater, na cidade inglesa de Cumbria. O caos — e a natureza — voltou ao local depois de ficar desaparecido durante dois séculos. Isto porque, há cerca de 200 anos, a comunidade de Swindale embarcou num ambicioso projeto para retificar esse trecho do rio, com o objetivo de acelerar o fluxo de água no […]

today4 de outubro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%