G1 Mundo

Tribunal do Paquistão condena ex-primeiro-ministro Imran Khan a mais 10 anos de prisão

today30 de janeiro de 2024 4

Fundo
share close

Um tribunal do Paquistão condenou Imran Khan a 10 anos de prisão nesta terça-feira (30) por vazar segredos de Estado, disse seu partido. Essa é a sentença mais dura contra o ex-primeiro-ministro até agora — a decisão foi tomada 10 dias antes da eleição.

O tribunal considerou Khan culpado de tornar público o conteúdo de um telegrama secreto enviado pelo embaixador do Paquistão em Washington ao governo em Islamabad, disse seu partido Paquistão Tehreek-e-Insaf (PTI). O ex-ministro das Relações Exteriores Shah Mehmood Qureshi também foi condenado a 10 anos no mesmo caso.

A pena de prisão é a segunda condenação de Khan nos últimos meses e a decisão determina que o popular ex-primeiro-ministro continue na prisão e fora dos holofotes, antes das eleições gerais da próxima semana. O tribunal deverá emitir seu veredicto por escrito mais tarde.



O PTI disse que contestaria a decisão. “Não aceitamos esta decisão ilegal”, postou o advogado de Khan, Naeem Panjutha, na plataforma de mídia social X, antigo Twitter.

O assessor de Khan, Zulfikar Bukhari, disse à Reuters que a equipe jurídica não teve chance de representar o ex-primeiro-ministro ou conversar com testemunhas, acrescentando que o processo foi realizado na prisão.

Ele classificou a condenação como uma tentativa de enfraquecer o apoio a Khan. “As pessoas agora vão garantir que vão votar em maior número”, disse ele à Reuters.

Ex-primeiro ministro do Paquistão é condenado a 3 anos de prisão por corrupção

Ex-primeiro ministro do Paquistão é condenado a 3 anos de prisão por corrupção

No entanto, a equipa jurídica de Khan esperava libertá-lo da prisão, onde está desde agosto do ano passado, mas a última condenação significa que isso é improvável, mesmo que as acusações sejam contestadas num tribunal superior.

Khan tem lutado contra dezenas de casos desde que foi deposto do poder num voto parlamentar em 2022.

Khan diz que o telegrama prova uma conspiração dos militares paquistaneses e do governo dos EUA para derrubar seu governo em 2022, depois que ele visitou Moscou pouco antes da invasão da Ucrânia pela Rússia.

Washington e os militares do Paquistão negam as acusações.

O primeiro-ministro paquistanês deposto Imran Khan durante comício com apoiadores em Lahore, capital do Paquistão — Foto: Mohsin Raza/Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video:-policia-de-aeroporto-na-colombia-apreende-130-sapos-venenosos-transportados-por-brasileira

G1 Mundo

VÍDEO: Polícia de aeroporto na Colômbia apreende 130 sapos venenosos transportados por brasileira

A Polícia Nacional da Colômbia apreendeu 130 sapos venenosos em poder de uma brasileira, de 37 anos, no Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá, na segunda-feira (29). De acordo com a polícia, os sapos estavam sendo transportados dentro de potes de filme fotográfico por uma cidadã brasileira que estava viajando para São Paulo com escala no Panamá. Após análise dos animais, as autoridades informaram que os sapos estavam desidratados e […]

today30 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%