G1 Mundo

Trump acusado na Justiça: veja passo a passo o que deve acontecer nesta terça-feira

today4 de abril de 2023 9

Fundo
share close

Ele já foi indiciado (formalmente acusado) no processo criminal. Nesta terça-feira, espera-se que as seguintes etapas sejam cumpridas:

  • Trump vai até a corte de Justiça para se apresentar.
  • Ele deve ser fotografado e ter suas digitais colhidas.
  • Sem estar algemado, ele vai ser levado a um juiz.
  • O juiz deve ler as acusações feitas pela promotoria.
  • O ex-presidente vai se declarar inocente ou culpado.
  • O juiz provavelmente vai liberar Trump para que ele aguarde as próximas etapas do processo em liberdade.
  • O ex-mandatário dos EUA deve voltar para a Flórida, onde mora, e fazer um discurso no mesmo dia.

Entenda o caso a partir dos seguintes pontos:

  • Trump vai até a corte
  • Sem algemas
  • A leitura das acusações
  • Trump não deve ficar preso
  • Discurso no fim do dia
  • O que é indiciamento nos EUA?
  • Qual é a acusação contra Trump?

O ex-presidente dos Estados Unidos já está na cidade de Nova York. Ele viajou na segunda-feira da Flórida, onde ele vive, para se apresentar à Justiça. A expectativa é que Trump se entregue voluntariamente.



Os dois lados (a promotoria, que acusa Trump, e a defesa do ex-presidente) já fizeram alguns acordos para que os protocolos na Justiça sejam cumpridos

Donald Trump chega à Trump tower em Manhattan — Foto: Reuters/Jeenah Moon

A Justiça pode fazer pequenas adaptações no protocolo porque o acusado é um ex-presidente dos EUA. O padrão, nessas situações, é que o acusado esteja algemado. No entanto, dada a circunstância de Trump (e pelo fato de ele não representar um perigo físico aos presentes na corte), pode ser que ele fique com as mãos livres.

O ex-presidente será incluído no sistema da Justiça como acusado: ele será fotografado (nos EUA, essas fotos são conhecidas como “mugshots”), e suas digitais serão registradas.

Segundo o jornal “Washington Post”, espera-se que Trump ouça as acusações às 14h15 de Nova York (15h15 de São Paulo).

Oficialmente, ainda não se sabe quais são as acusações que a promotoria vai apresentar. Será nesse momento que isso se tornará público.

O momento da acusação é, geralmente, a primeira vez que um acusado aparece no tribunal depois do indiciamento.

O juiz que vai dizer a Trump quais são as acusações contra ele e também vai aconselhar o ex-presidente sobre o direito de ir a julgamento.

Trump então terá a chance de fazer uma confissão de culpa (ao menos esse é o padrão para os acusados).

Montagem mostra Stormy Daniels e Donald Trump — Foto: Ethan Miller, Olivier Douliery/AFP

Trump não deve ficar preso

Espera-se que Trump deixe o tribunal depois disso. Não se sabe exatamente quais são as acusações contra ele, mas a expectativa é que nenhuma delas se enquadre nos crimes que exigem que o acusado tenha que ficar preso enquanto aguarda as etapas seguintes do processo.

O ex-presidente dos EUA já até mesmo marcou uma entrevista coletiva na noite desta terça-feira em sua residência na Flórida.

A expectativa é que, nesse momento, ele esteja acompanhado de apoiadores. Trump é um pré-candidato à presidência dos EUA pelo Partido Republicano, e o processo criminal vai ser um tema da temporada de eleições.

O que é indiciamento nos EUA?

Por enquanto, Trump foi apenas indiciado. Na Justiça dos EUA, isso significa que uma pessoa foi acusada formalmente de um crime por um grande júri ou por um promotor público. O indiciamento é o resultado de uma investigação policial ou do FBI que reuniu evidências suficientes para sustentar a acusação. Ser indiciado não significa que a pessoa é culpada, mas apenas que há motivos para levá-la a julgamento.

Qual é a acusação contra Trump?

Os detalhes das acusações ainda não foram divulgados, mas o caso em questão tem relação com um suposto pagamento de US$ 130 mil (cerca de R$ 682 mil, na cotação atual) feito por Trump à atriz Stormy Daniels nas semanas prévias às eleições de 2016, para que ela se mantivesse em silêncio sobre um suposto relacionamento extraconjugal que tiveram anos antes. Ele foi eleito naquele ano.

O pagamento em si não seria ilegal, mas, na prática, o dinheiro foi justificado como honorário advocatício para um dos advogados de Trump, Michael Cohen — é essa tentativa de esconder a natureza do pagamento que pode ser considerada criminosa. Os promotores afirmam que foi uma falsificação de registro comercial.

Além disso, o pagamento indireto também seria uma tentativa de esconder uma relação dos eleitores, afirmam os promotores.

A principal testemunha do caso é justamente Cohen. Foi ele quem pagou o dinheiro para que Stormy Daniels ficasse em silêncio — de acordo com o advogado isso foi feito por ordens do próprio Trump.

Os registros desse pagamento foram feitos por uma das empresas do ex-presidente, a Trump Organization. Só que, no balanço, a companhia afirma que o dinheiro foi gasto em despesas legais.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeitura-de-guaruja-desenvolvera-projeto-de-incentivo-a-leitura-no-ensino-fundamental-i

Prefeitura de Guarujá

Prefeitura de Guarujá desenvolverá projeto de incentivo à leitura no Ensino Fundamental I

A iniciativa ‘Dentro da História’ irá trabalhar livros personalizados durante todo o ano letivo, tendo os alunos como protagonistas de suas histórias Incentivar a leitura para os alunos do Ensino Fundamental I é uma das prioridades da Prefeitura de Guarujá. Para a realização desse objetivo, a Secretaria de Educação (Seduc) desenvolverá o Projeto Dentro da História – Dentro Educa, no qual os alunos serão protagonistas das histórias, com avatares personalizados […]

today4 de abril de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%