Notícias

Trump condenado: repercussão

today1 de junho de 2024 8

share close

Após ser condenado pelo júri nas 34 condenações pelas quais respondia, o empresário atacou o julgamento e o juiz.

“Este foi um julgamento vergonhoso. O veredito real vai ser dado no dia 5 de novembro pelo povo. Eles sabem o que aconteceu aqui. Todo o mundo sabe o que aconteceu aqui.”

“Há apenas uma forma de manter Donald Trump fora do Salão Oval: Nas urnas. Doem hoje para nossa campanha”, publicou Biden no X (antigo Twitter).



O diretor de comunicação da campanha do democrata, Michael Tyler, falou que Trump agora é um “criminoso condenado” e que isso prova que “ninguém está acima da lei”.

“Nós respeitamos o Estado de Direito e não temos outros comentários”, disse um porta-voz do Gabinete do Conselheiro da Casa Branca ao jornal “New York Times”.

'Isso foi uma desgraça', diz Trump após ser condenado

‘Isso foi uma desgraça’, diz Trump após ser condenado

Veja a repercussão da condenação abaixo:

Campanha à presidência de Joe Biden e Kamala Harris

“Hoje em Nova York, vimos que ninguém está acima da lei. Donald Trump sempre acreditou erroneamente que nunca enfrentaria consequências por infringir a lei para seu próprio ganho pessoal. Mas o veredicto de hoje não altera o fato de que o povo americano enfrenta uma realidade simples. Ainda só há uma maneira de manter Donald Trump fora do Salão Oval: nas urnas. Criminoso condenado ou não, Trump será o candidato republicano à presidência.

A ameaça que Trump representa para a nossa democracia nunca foi tão grande. Ele está conduzindo uma campanha cada vez mais desequilibrada de vingança e retribuição, comprometendo-se a ser um ditador ‘desde o primeiro dia’ e pedindo pela ‘rescisão’ da nossa Constituição para que ele possa recuperar e manter o poder. Um segundo mandato de Trump significa caos, a destruição das liberdades dos americanos e a fomentação da violência política – e o povo americano irá rejeitá-lo em novembro.”

Ted Cruz, senador republicano do Texas

“Este é um dia sombrio para os Estados Unidos. Este julgamento inteiro foi uma farsa, e não passou de perseguição política. O único motivo pelo qual julgaram Donald Trump é porque os democratas estão morrendo de medo que ele vença a reeleição. Esta decisão desgraçada não tem base legal e deve ser revertida assim que possível em um recurso. Qualquer juiz com o mínimo de integridade reconheceria que este julgamento todo foi totalmente fraudulento.”

J. B. Pritzker, governador democrata de Illinois

“Donald Trump é um racista, um homofóbico, um golpista e uma ameaça para esse país. Ele agora pode adicionar mais um título à sua lista – um criminoso.”

Mike Johnson, presidente da Câmara dos Deputados, republicano

“Hoje é um dia vergonhoso na história americana. Os democratas comemoraram ao condenar o líder do partido adversário por acusações ridículas, baseadas no testemunho de um criminoso condenado e que perdeu licença para advogar. Este foi um ato puramente político, não jurídico.

O uso agressivo do nosso sistema judicial em sido uma marca da Administração Biden, e a decisão de hoje é mais uma prova de que os Democratas não irão parar perante nada para silenciar a dissidência e esmagar os seus oponentes políticos.

O povo americano vê isso como guerra jurídica e sabe que é errado – e perigoso. O Presidente Trump irá apelar legitimamente deste veredito absurdo – e ele VAI GANHAR!”

Ron DeSantis, governador republicano da Flórida

“O veredito de hoje representa o resultado de um processo legal que foi submetido à vontade política dos atores envolvidos: um procurador de esquerda, um juiz partidário e um júri que reflete uma das regiões mais liberais da América – tudo num esforço para ‘pegar’ Donald Trump.

Que este caso – envolvendo supostas violações contraventoras de registos comerciais ocorridas há quase uma década – tenha sido instaurado é uma prova da degradação política do sistema de Justiça em lugares como a cidade de Nova York. Isto é especialmente verdade considerando que este mesmo procurador distrital rotineiramente perdoa conduta criminosa de uma forma que põe em perigo os cidadãos cumpridores da lei na sua jurisdição.

Costuma-se dizer que ninguém está acima da lei, mas também é verdade que ninguém está abaixo da lei. Se o réu não fosse Donald Trump, este caso nunca teria sido instaurado, o juiz nunca teria emitido decisões semelhantes e o júri nunca teria proferido um veredito de culpado.

Nos Estados Unidos, o Estado de Direito deve ser aplicado de forma fria e imparcial e não se sequestrado pela agenda política de algum tribunal arbitrário.”

Marco Rubio, senador republicano da Flórida

“O veredito em Nova York é uma farsa completa que zomba do nosso sistema de justiça.

Um julgamento-espetáculo político conduzido por um juiz abertamente pró-Biden cuja filha ganha dinheiro com o caso, um júri do condado mais liberal dos Estados Unidos, acusações absurdas e ridículas e instruções ao júri ultrajantes que garantiram vereditos de culpa.

Biden e a esquerda perturbada de Trump não vão parar por nada para permanecer no poder.”

Adam Schiff, deputado democrata da Califórnia

“Culpado. Hoje, 12 cidadãos comuns americanos declararam um ex-presidente culpado de dúzias de crimes. Apesar de seus esforços para distrair, atrasar e negar – a Justiça chegou para Donald Trump mesmo assim. E o Estado de Direito prevaleceu.”

Eric Swalwell, deputado democrata da Califórnia

“Donald Trump é um criminoso condenado. Esse veredito não é uma vitória de uma única pessoal É uma vitória de uma ideia. A ideia que nós todos seguimos as mesmas regras. O Estado de Direito ganhou hoje.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a Notícias.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-absolve-denunciado-por-trafico-apos-versao-de-pms-nao-corresponderem-com-as-imagens-das-cameras-corporais

G1 Santos

Justiça absolve denunciado por tráfico após versão de PMs não corresponderem com as imagens das câmeras corporais

Com base nos autos do processo, o suposto flagrante ocorreu em 25 de outubro do ano passado, no morro José Menino, quando dois PMs relataram que faziam uma operação e viram o rapaz correndo com uma mochila nas costas. Depois de uma perseguição, eles o encontraram dentro de uma casa abandonada, onde ele declarou ser procurado da Justiça. Segundo os policiais, havia um celular caído do lado de fora da […]

today1 de junho de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%