G1 Mundo

Trump tenta adiar julgamento sobre pagamento a atriz pornô

today12 de março de 2024 10

Fundo
share close

Trump enfrenta quatro processos penais. A tática dele tem sido tentar adiar todos os julgamentos para que aconteçam após as eleições presidenciais, em 5 de novembro.

Segundo a acusação, ela teve que manter silêncio sobre um suposto relacionamento sexual com o magnata em 2006, quando ele já estava casado com Melania Trump.

O empresário nega ter tido qualquer relação extraconjugal com a atriz.



O pagamento em si não é ilegal, o problema, de acordo com o Ministério Público, é que Trump escondeu esse pagamento como se fosse parte dos honorários ao seu advogado na época.

O promotor de Nova York Alvin Bragg o acusa de 34 delitos de fraude contábil, que podem ser punidos com até quatro anos de prisão se for considerado culpado.

Superterça confirma favoritismo de Biden e Trump na disputa pela indicação dos partidos

Superterça confirma favoritismo de Biden e Trump na disputa pela indicação dos partidos

Trump diz que tem imunidade por ser ex-presidente

Os advogados de Trump invocam o argumento de que ele goza de imunidade penal por ser ex-presidente do país, uma questão que será debatida pela Suprema Corte federal em Washington a partir de 25 de abril.

De acordo com um documento judicial datado de 7 de março e divulgado nesta segunda-feira, a defesa argumenta que esse “tribunal deveria adiar o julgamento até que a Suprema Corte (federal) reveja o alcance da doutrina da imunidade presidencial”.

A Suprema Corte marcou o debate sobre a imunidade de Trump para 25 de abril.

Trump perdeu recentemente um caso de difamação é foi condenado a pagar US$ 83 milhões (aproximadamente R$ 410 milhões) à escritora E. Jean Carroll.

A advogada da escritora afirmou, nesta segunda-feira, que talvez ela entre com mais uma ação por difamação. “O prazo de prescrição por difamação na maioria das jurisdições é de um a três anos. Como dissemos após o último veredicto do júri, seguimos vigiando cada declaração que Donald Trump faz sobre nossa cliente, E. Jean Carroll”, disse a advogada.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

crescimento-da-direita-radical-e-derrota-dos-socialistas:-10-pontos-para-entender-eleicoes-em-portugal

G1 Mundo

Crescimento da direita radical e derrota dos socialistas: 10 pontos para entender eleições em Portugal

No entanto, a vitória da AD ficou muito abaixo das expectativas e as contas para a formação do governo de Portugal são complicadas. A maioria folgada só poderá acontecer se a AD fizer uma coalizão com o Chega, partido da direita radical, que conseguiu mais de um milhão de votos e 48 deputados no Parlamento. Confira abaixo alguns pontos essenciais para entender os resultados de domingo e o que acontece […]

today12 de março de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%