G1 Mundo

Ucrânia não vai atacar alvos na Rússia, diz Zelensky

today14 de maio de 2023 5

Fundo
share close

“Não estamos atacando o território russo”, disse ele após um encontro em Berlim com o chanceler alemão, Olaf Scholz.

“Estamos preparando um contra-ataque para desocupar os territórios conquistados ilegitimamente”, acrescentou.

Scholz prometeu apoiar a Ucrânia “pelo tempo que for necessário”, garantindo ao país 2,7 bilhões euros (R$ 14,5 bilhões) em armas.



Isso inclui tanques Leopard alemães avançados e mais sistemas antiaéreos para defender a Ucrânia de ataques quase diários de mísseis e drones russos.

Zelensky descreveu a ajuda alemã como “a maior desde o início da agressão em grande escala” pela Rússia em fevereiro de 2022.

A Alemanha mudou sua posição quanto à Ucrânia desde que o conflito começou. Inicialmente, havia relutado em fornecer equipamentos militares ao país. Agora, praticamente dobrou sua contribuição da noite para o dia, diz a correspondente da BBC em Berlim, Jenny Hill.

A Rússia acusa a Ucrânia de atingir repetidamente alvos dentro do território russo, incluindo um ataque de drone contra o Kremlin em Moscou no início deste mês.

A Ucrânia nega as acusações, ao mesmo tempo em que enfatiza que tem o direito legítimo de usar a força e outros meios para desocupar totalmente seus territórios atualmente sob controle russo. Isso inclui quatro regiões no sul e no leste, bem como a península da Crimeia, anexada por Moscou em 2014.

Na tarde deste domingo, Zelensky viajará para a cidade ocidental de Aachen para receber o prestigioso Prêmio Carlos Magno — uma honra concedida pelos esforços para promover a unidade europeia.

Os vencedores anteriores incluem o ex-premiê britânico Winston Churchill, o papa Francisco e o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

Em outros desdobramentos deste domingo:

Zelensky voou da Itália para a Alemanha durante a noite, seu avião escoltado por dois caças da Força Aérea Alemã.

Em Roma, o presidente ucraniano se encontrou com o presidente italiano, Sergio Mattarella, e a primeira-ministra, Giorgia Meloni. Ele também teve uma audiência privada com o papa Francisco no Vaticano.

O pontífice disse que está constantemente orando pela paz na Ucrânia.

Francisco também destacou a necessidade urgente de ajudar “as pessoas mais frágeis, vítimas inocentes” da invasão russa.

Enquanto isso, Meloni garantiu a Zelensky o apoio de Roma à Ucrânia unida.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jogador-brasileiro-vira-celebridade-na-china-ensinando-o-‘futebol-feliz’

G1 Mundo

Jogador brasileiro vira celebridade na China ensinando o ‘futebol feliz’

Em um clima de festa com ares patrióticos, centenas de crianças se reúnem em fila indiana, balançando bandeiras no gramado de uma escola de Guangzhou, capital da província chinesa de Guangdong (Cantão). Apesar da chuva fina e do dia cinzento, cada grupo, que representa um estabelecimento de ensino da região, faz sua coreografia diante de uma mesa de personalidades, misturando movimentos acrobáticos, artes marciais e passes de bola. Como tudo […]

today14 de maio de 2023 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%