G1 Mundo

UE autoriza negociações para entrada da Ucrânia no bloco

today14 de dezembro de 2023 5

Fundo
share close

A União Europeia deu o primeiro passo oficial para a entrada da Ucrânia no bloco nesta quinta-feira (14). Os líderes do grupo decidiram abrir negociações com a Ucrânia para que o país passe a ser membro do bloco europeu, atualmente composto por 27 países.

“Esta é uma vitória para a Ucrânia e para toda Europa”, disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.

O anúncio, feito durante cúpula da UE em Bruxelas, surpreendeu Kiev. Isso porque a Hungria havia votado contra a candidatura – é preciso que todos os membros votem a favor da entrada de um país no bloco.



Ao chegar à cúpula, o primeiro-ministro da Hungria, o ultradireitista Viktor Orbán, disse que impediria o início das conversas pela adesão da Ucrânia.

Orbán, aliado de Putin, também vem bloqueando a concessão de 50 bilhões de euros em ajuda financeira para Kiev a partir do orçamento do bloco.

“Não há motivo para negociar a adesão da Ucrânia agora”, disse Orbán ao chegar à cúpula.

Mas, segundo o porta-voz da presidência da UE, os líderes dos 27 países membros da UE votaram de forma unânime à adesão.

Com a abertura das negociações, a Ucrânia pode apresentar sua candidatura ao bloco. Não há prazo para que a adesão oficial, caso aceita, aconteça.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

governo-milei-ameaca-prender-em-flagrante-manifestantes-que-bloquearem-ruas-na-argentina

G1 Mundo

Governo Milei ameaça prender em flagrante manifestantes que bloquearem ruas na Argentina

A ministra da Segurança Nacional da Argentina, Patrícia Bullrich, apresentou nesta quinta-feira (14) um pacote de medidas para evitar o bloqueio de ruas e pontes por manifestantes, ameaçando prender em flagrante quem fizer piquetes que impeçam a circulação total ou parcial da população. Durante sua campanha eleitoral, o novo presidente argentino, Javier Milei, repetiu o slogan "el que corta no cobra" ("quem corta, não recebe", em português), para dizer que […]

today14 de dezembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%