Pleno News

Uma coisa que a Igreja moderna “odeia”

today15 de abril de 2024 3

Fundo
share close

Quando a gente gosta de uma coisa, a gente não consegue ficar longe dela. Todavia, quando a odiamos, o que mais desejamos é nos distanciar dela

Renato Vargens – 15/04/2024 15h03




Estou desconfiado de que a Igreja brasileira ODEIA a oração, até porque, toda vez que alguém escreve alguma coisa a respeito, publica um texto nas redes sociais ou convida outros a buscarem ao Senhor em oração, o descaso é constrangedor. Se não bastasse isso, as reuniões de oração de boa parte das igrejas brasileiras quase não atraem ninguém.

Caro leitor, alguma coisa está errada, não é verdade? Sinceramente, fico a pensar com meus botões que avivamento é esse advogado pelos pastores tupiniquins desprovidos de oração. Ora, vamos combinar um coisa? Uma igreja que não ora, está morta e não sabe disso. Os puritanos costumavam dizer que fazer a obra de Deus sem oração é uma grande tragédia. Aliás, por um acaso você já se deu conta de que a Igreja pertence a Deus e que, por obrigação e dever, devemos buscá-Lo em oração?

Pois é, quando a gente gosta de uma coisa, a gente não consegue ficar longe dela. Todavia, quando a odiamos, o que mais desejamos é nos distanciar dela.

Sinceramente, a impressão que tenho é que, devido ao descaso com a oração, parte da Igreja esteja dizendo que “ODEIA” buscar ao Senhor.



É pra pensar!

Com lágrimas nos olhos,

Renato Vargens é pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, no Rio de Janeiro e conferencista. Pregou o evangelho em países da América do Sul, do Norte, Caribe, África e Europa. Tem 32 livros publicados em língua portuguesa e um em língua espanhola. É membro dos conselhos do TGC Brasil e IBDR.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Renato Vargens

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

senac-oferece-mais-de-500-bolsas-de-estudo-100%-gratuitas-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Senac oferece mais de 500 bolsas de estudo 100% gratuitas no litoral de SP

São 275 bolsas no Senac Bertioga e 320 no Senac Santos. As capacitações contam, inclusive, com materiais didáticos gratuitos para as aulas práticas. Programa Senac de Gratuidade As bolsas integrais são concedidas por meio do Programa Senac de Gratuidade. Candidatos às bolsas devem comprovar renda familiar de até dois salários-mínimos federais, o equivalente a R$ 2.824. De acordo com Danielle Monteiro Martins, gerente das duas unidades do Senac, os cursos […]

today15 de abril de 2024 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%