G1 Santos

Urbanização sustentável: Como projetar cidades ambientalmente responsáveis

today11 de outubro de 2023

Fundo
share close

Waleska Del Pietro, engenheira agrônoma e mestre em agricultura e ambiente, enfatiza que a urbanização rápida tem impactado o meio ambiente de diversas maneiras. “O rápido crescimento das áreas urbanas resulta na expansão horizontal das cidades, levando à perda de áreas verdes e impermeabilização do solo”, afirma.

Segunda ela, a resposta para isso está na urbanização sustentável, um conceito que aborda o desenvolvimento urbano voltada a minimizar o impacto ambiental, valorizar a qualidade de vida dos habitantes e, ainda, fomentar a economia local.

Pilares da urbanização sustentável



Sobre a adesão à prática sustentável, Waleska ressalta que os governos locais e nacionais estão adotando várias estratégias para incentivar práticas de urbanização sustentável por meio de políticas e regulamentações. “Educação e conscientização pública também são estratégias importantes para promover a adesão às práticas sustentáveis nas comunidades urbanas”.

Waleska Del Pietro falou sobre urbanização sustentável — Foto: Divulgação/CREA-SP

Pilares da urbanização sustentável incluem o uso de meios de transporte limpos, como bicicletas e carros elétricos, e o fomento ao transporte público eficiente. Além disso, espaços verdes como parques, praças e jardins são essenciais para melhorar a qualidade do ar, oferecer lazer e conectar as pessoas à natureza.

“Os obstáculos enfrentados pelas cidades ao adotar práticas sustentáveis incluem falta de recursos financeiros e resistência à mudança. Superar esses desafios requer uma abordagem colaborativa e multidisciplinar”, conta Del Pietro.

Construinova Litoral 2023

Em meio a essa atmosfera de renovação e busca por soluções inovadoras, surge o Construinova Litoral 2023, evento que acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro. O projeto visa promover um Hub de inovação em meio à biodiversidade. Com o objetivo de fomentar discussões e apresentar as mais recentes inovações em urbanização sustentável, o evento se consolida como um marco no cenário da construção civil.

A escolha de Mongaguá como palco do evento não foi ao acaso. Posicionada estrategicamente no Litoral de São Paulo, entre a Baixada Santista e o Vale do Ribeira, a cidade promove uma conexão direta com os grandes centros e com as cidades circunvizinhas.

O ambiente natural de Mongaguá e seu fácil acesso são convites para que profissionais, empresários e entusiastas da área mergulhem nesse universo de inovação e sustentabilidade.

Além de ser um espaço para negócios e troca de conhecimentos, o Construinova Litoral 2023 busca alinhar a inovação com os princípios da cultura ESG (ambiental, social e governança). Portanto, mais do que apresentar tendências, o evento se propõe a direcionar o mercado da construção civil para um futuro mais sustentável e harmônico.

Em tempos de mudanças climáticas e desafios urbanos, iniciativas como essa reafirmam a importância de pensarmos e agirmos em prol de cidades mais humanas e em equilíbrio com a natureza. A urbanização sustentável é o caminho para um futuro promissor e é hora de embarcar nessa jornada.

As inscrições para o Constuinova Litoral 2023 podem ser realizadas de forma online até dia 19 de outubro. A entrada é gratuita e a programação completa pode ser conferida no mesmo link.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulher-a-frente-da-inovacao:-ana-paula-ribeiro-desbrava-caminhos-na-construcao

G1 Santos

Mulher à frente da inovação: Ana Paula Ribeiro desbrava caminhos na construção

Para Ana Paula, liderar as ações da AMEA é um desafio prazeroso. "É algo que vejo como positivo. Sempre fui conectada com inovação, sou engenheira civil e empresária há 9 anos e nesse período procurei buscar novas tendências. Enquanto presidente da associação tenho a oportunidade de conectar ainda mais pessoas com essa visão de futuro e agregar, através de projetos sustentáveis, ao desenvolvimento do segmento na cidade e região”, afirma. […]

today11 de outubro de 2023

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%