G1 Mundo

VÍDEO: Lago fica roxo na Alemanha e intriga moradores

today8 de abril de 2024 28

Fundo
share close

Águas de um lago na região de Ostallgäu, no sul do país europeu, começaram a mudar de cor, em um fenômeno que cientistas atribuem a uma proliferação de bactérias.




Lago roxo encanta visitantes na Baviera

Lago roxo encanta visitantes na Baviera

Um lago da Alemanha vem atraindo visitantes intrigados com a cor de suas águas: roxa.

O lago Gipsbruchweihers, que fica na região de Ostallgäu, no sul do país europeu, mudou de cor, intrigando moradores locais e atraindo centenas de visitantes.

Mas, apesar da coloração forte e da desconfiança de internautas de que se trata de uma montagem, a transformação é totalmente natural.

A explicação de cientistas para isso é a aparição de bactérias roxas, que costumam ser encontradas apenas em locais mais profundos das águas, mas que podem se multiplicar a depender da quantidade de luz e de enxofre a que são expostas, subido mais perto da superfície.

Isso não significa que sejam tóxicas. Ainda de acordo com cientistas alemães, as bactérias roxas não produzem toxinas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policial-mata-dois-filhos-a-tiros-e-dispara-contra-a-mulher-em-rivera,-na-fronteira-do-uruguai-com-brasil

G1 Mundo

Policial mata dois filhos a tiros e dispara contra a mulher em Rivera, na fronteira do Uruguai com Brasil

Homem, de 51 anos, não teve a identidade divulgada. Ele cometeu suicídio em seguida. Caso é investigado pela polícia do Uruguai. Um policial uruguaio matou os dois filhos — de 4 e 6 anos — a tiros e disparou contra a cabeça da mulher em Rivera, na fronteira do Uruguai com o Brasil. O caso aconteceu na tarde de domingo (7). O homem, de 51 anos, não teve a identidade […]

today8 de abril de 2024 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%