G1 Santos

Violência aumenta na Baixada Santista e Vale do Ribeira no 1° semestre de 2022, indicam dados do Estado de SP

today28 de julho de 2022 39

Fundo
share close

Crimes de latrocínio, estupro de vulnerável, homicídio doloso, roubo e furto registraram aumento em comparação ao mesmo período do ano passado.

Baixada Santista e Vale do Ribeira registram 1° semestre mais violento, segundo dados da SSP — Foto: Divulgação / Polícia Militar



Os dados de estatística da criminalidade na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, e no Vale do Ribeira, no interior paulista, apontam que o 1º semestre deste ano foi mais violento do que o mesmo período do ano passado, com aumento de 150% nos casos de latrocínio e 14% nos furtos, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Os casos de homicídio doloso [quando há intenção de matar] passaram de 80 nos seis primeiros meses de 2021 para 83 neste ano, o que representa 3.75%. Em relação aos roubos, a região registrou um aumento de 11%, passando de 6.050 para 6.719. Já os furtos, passaram de 15.243 para 17.429, ou seja, alta de 14%.

Os registros de estupro de vulnerável passaram de 232 a 235, enquanto os casos de latrocínio de dois para cinco registros, um aumento de 150%.

Um comparativo entre o 1º semestre de 2019 e o mesmo período deste ano, revela que os homicídios dolosos aumentaram 12,28%, passando de 55 para 64 casos. Os furtos passaram de 13.237 para 14.229 neste ano.

No entanto, os roubos diminuíram de 7.264 no 1º semestre de 2019 para 6.112 no mesmo período deste ano. Os casos de estupro de vulnerável caíram, respectivamente, de 252 para 224.

Em entrevista à TV Tribuna, o secretário executivo da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Coronel Álvaro Batista Camilo, disse que uma reunião foi realizada para analisar os indicadores e observar a dinâmica criminal, o que mudou, onde mais precisa de reforço e onde a secretaria pode ajudar.

Ele afirmou, ainda, que os comandantes e delegados que participaram da reunião irão estudar detalhadamente onde os crimes estão acontecem e ver o que podem incrementar de policiamento para evitar os casos. “Incentivando bastante os conselhos comunitários de segurança e os programas de vizinhança solidária para que a informação chegue rápido para a polícia”.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

em-noite-de-homenagens,-mulheres-recebem-medalha-tereza-de-benguela

Prefeitura de Guarujá

Em noite de homenagens, mulheres recebem Medalha Tereza de Benguela

Honraria é um reconhecimento às mulheres que atuam na luta pela garantia dos direitos sociais “Sou muito orgulhosa da minha cor e da força que ela representa”, afirmou a pequena carateca guarujaense, Lunah Dias de Oliveira Marcondes, 9 anos. Ela foi uma das homenageadas em uma noite de reflexão e protagonismo feminino. Assim foi a entrega da Medalha Tereza de Benguela, promovida pela Prefeitura de Guarujá, na noite da última […]

today28 de julho de 2022 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%