G1 Mundo

‘Você não tem o direito de vir para este país’, diz Ron DeSantis, dos EUA, a brasileiros

today23 de agosto de 2023 14

Fundo
share close

Em campanha para obter a indicação do Partido Republicano à Casa Branca, o governador Ron DeSantis, da Flórida, disparou a retórica contra o fluxo de imigrantes brasileiros nos EUA com o intuito de angariar o voto conservador de seus correligionários.

“Se você está no Brasil, você não tem o direito de vir para este país”, afirmou, em entrevista à emissora de rádio WGIR, de New Hampshire.

A declaração, em referência a brasileiros em geral, reforça a política linha-dura de imigração do governador, considerado o único com chances de desbancar o ex-presidente Donald Trump na indicação do partido às eleições do próximo ano. DeSantis juntou a Polônia e o Brasil no mesmo saco para dizer que seus cidadãos não são bem-vindos nos EUA.



“As pessoas vêm porque o povo americano acha que é do nosso interesse receber pessoas”, atestou.

Com isso, ele descarta, se eleito, conceder anistia aos que estão em situação irregular no país e defende um sistema parecido com o do Canadá ou da Austrália, que foca nas habilidades e nas qualificações do imigrante para recebê-los.

Para ser mais específico, DeSantis quer acabar com a possibilidade de estender a cidadania à família do imigrante: “Um cidadão americano deve trazer ou cônjuge ou filhos estrangeiros. Mas trazer esses primos, tios e tal não é o caminho. Vamos nos livrar disso e nos concentrar mais nas necessidades dos americanos.”

Os EUA abrigam a maior população imigrante brasileira do mundo, segundo o Instituto de Política da Migração, think tank americano mantido pelo Carnegie Endowment for International Peace. Mas eles representam apenas 1% dos 44,9 milhões de imigrantes do país.

Metade dos brasileiros se concentra em três estados: Flórida (22%), Massachusetts (17%) e Califórnia (11%).

O governador DeSantis vem implementando medidas repressivas para combater a entrada de pessoas no estado. Em junho passado, ele delineou propostas para uma abordagem mais severa em relação à população em situação irregular.

Isso inclui o envio de militares dos EUA para a fronteira sul e a detenção e deportação de quem não tiver documentos apropriados. DeSantis defende o fim da cidadania norte-americana automática aos nascidos no país e a construção de um muro na fronteira sul — ideias assimiladas de Trump, seu principal adversário no partido.

DeSantis pretende superá-lo com uma abordagem mais severa. Aliás, o slogan “Sem Desculpas”, de sua plataforma anti-imigração, é também um recado direto a Trump – o de que ele não conseguiu cumprir promessas e combater, em seu mandato, a imigração ilegal.

Lançamento de pré-candidatura do governador da Flórida é considerado um fiasco

Lançamento de pré-candidatura do governador da Flórida é considerado um fiasco

Ron DeSantis após a eleição de terça-feira, quando se dirigiu a seus apoiadores — Foto: Getty Images via BBC




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

india-na-lua:-video-mostra-comemoracao-apos-pouso-na-superficie-lunar

G1 Mundo

Índia na Lua: vídeo mostra comemoração após pouso na superfície lunar

O VÍDEO acima mostra a comemoração da equipe que acompanhava a missão Chandrayaan-3, assim que o módulo do país asiático pousou na Lua. Em transmissão ao vivo, os indianos exibiram uma representação gráfica da sonda descendo na Lua. O módulo foi lançado em 14 de julho e pousou na superfície lunar por volta das 9h33 desta quarta, horário de Brasília. "Este é o momento para uma nova Índia em desenvolvimento", […]

today23 de agosto de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%