G1 Mundo

‘Voltar para Gaza? É difícil, porque quase não tem mais Gaza’, diz Shahed, uma das 32 pessoas repatriadas

today14 de novembro de 2023 4

Fundo
share close

“Não tem futuro mais naquele país. Antes da guerra, a Faixa de gaza era um lugar bem bonito, parece a Europa, muito lindo. Só que agora, infelizmente, está tudo destruído. Minha casa mesmo já foi bombardeada. Eu vou voltar pra onde? Não tem lugar”, afirmou Shahed.

“Vou ficar no Brasil, já estava tentando voltar para o Brasil antes da guerra, mas tive alguns problemas. Vou continuar minha vida aqui”, acrescentou a jovem.

Presidente Lula recebe repatriados de Gaza na Base Aérea de Brasília — Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino



O grupo foi recebido por autoridades brasileiras, entre elas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em declaração à imprensa, Shahed contou que morava em São Paulo, mas teve que ir para a Faixa de Gaza porque a mãe ficou doente e queria se despedir da família. Ela disse, ainda, que morou na região do conflito durante um ano e meio.

“Nasci na Faixa de Gaza e eu tenho muitas memórias de lá. Muitas memórias com a minha mãe, com a minha família. Eu gostava muito da praia e da casa da minha avó também. É um lugar a família se juntava, temos muita memória lá”, disse a jovem.

Entre os 32 repatriados, além de 22 cidadãos brasileiros (natos ou naturalizados), há 10 palestinos – três parentes de primeiro grau de brasileiros, e sete portadores do Registro Nacional de Migração (RNM) que devem receber status de refugiados. Eles estavam no Sul da Faixa de Gaza, nas cidades de Khan Younis e Rafah.

A saída de Gaza começou na manhã deste domingo (12), quando o grupo se deslocou para o controle migratório palestino da região. Depois, de acordo com informações do Itamaraty, os brasileiros saíram do local e seguiram para a estação do Egito (2 km de percurso de ônibus).

Lá, foram recepcionados pela equipe da embaixada do Brasil no Cairo e submetidos aos trâmites migratórios de entrada naquele país.

Após passar pela imigração, os brasileiros almoçaram e depois seguiram viagem para o Cairo, capital do Egito. O transporte foi feito em veículos contratados pela embaixada do Brasil no Egito e durou cerca de seis horas.

A aeronave da FAB aguardava a chegada dos brasileiros em uma base aérea localizada próximo ao Cairo. Após passarem a noite em um hotel no Cairo, os brasileiros embarcaram para o Brasil na manhã desta segunda.

O avião fez duas paradas técnicas, uma em La Palma, na Espanha, e outra já em solo brasileiro, em Recife, capital pernambucana.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ferrari-de-1962:-conheca-o-carro-leiloado-por-r$-255-milhoes-em-nova-york

G1 Mundo

Ferrari de 1962: conheça o carro leiloado por R$ 255 milhões em Nova York

Uma Ferrari 250 GTO, de 1962, foi vendida na noite de segunda-feira (13), em Nova York, por US$ 51,7 milhões (R$ 255 milhões). Com isso, o modelo se tornou o segundo carro clássico mais caro já leiloado, informou a casa de leilões Sotheby's. Propriedade de um colecionador americano há 38 anos, o exemplar deste lendário veículo esportivo italiano superou a venda por US$ 48 milhões (R$ 236 milhões) de outro […]

today14 de novembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%