G1 Santos

‘Vovó do Uber’ bate carro em mureta e terá que ficar sem trabalhar: ‘primeira vez’

today28 de janeiro de 2023 15

Fundo
share close

A motorista de aplicativo conhecida como a ‘Vovó do Uber’ bateu o carro em uma mureta de concreto em Santos, no litoral de São Paulo, enquanto ia para casa após deixar um passageiro. Ao g1, Maria Albina Oliveira da Cruz, de 74 anos, contou que essa é a primeira vez que bate o veículo e ressaltou que, em quase cinco anos como motorista, nunca ficou sem trabalhar.

“Eu estou ótima e rindo ainda. O mecânico ligou para mim já, me deu uma lista de quase R$ 10 mil. Vou ficar sem carro e sem trabalhar, essa parte que é dura. Sem trabalhar não, porque eu não trabalho, eu passeio. Ficar sem ir para rua, aí que eu vou ficar doente. É a primeira vez”.

O acidente aconteceu na quarta-feira (25), por volta das 19h, na avenida Perimetral. A ‘Vovó do Uber’ contou que sentiu o carro balançar e, ao tentar firmar, perdeu o controle do veículo. Quando percebeu, o air bag já estava no rosto. Então, desceu do carro e acionou o filho e o neto. “Tinha acabado de anoitecer, estava ‘pousando’ uma noite bonita e acabou ficando feia”.



‘Vovó do Uber’ bateu o carro em uma mureta de concreto, enquanto ia para casa após deixar um passageiro — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo Maria Albina, toda a parte direita inferior do carro ficou destruída. Como não possui seguro, ela terá que arcar com as despesas do conserto. A ‘Vovó do Uber’ aguarda o retorno do mecânico, portanto, ainda não sabe todos os danos causados pelo acidente. Para custear o conserto do veículo, que já passa de R$ 10 mil, ela está arrecadando dinheiro com ajuda de familiares e amigos.

“Ela [filha] está dizendo que estou deprimida. Eu quero ir para rua e não posso. Hoje de manhã até chorei lembrando do meu carrinho subindo no guincho. Aí que tristeza, coitado”, lamentou.

A ‘Vovó do Uber’ disse que continua com o aplicativo ligado, que a ‘chama’ para trabalhar diariamente. Para ela, os passageiros devem estar com saudades. Mas, apesar de estar sentindo falta de dirigir, tenta não se abalar com a situação.

‘Vovó do Uber’ disse que sente falta dos passeios, já que não considera dirigir um trabalho — Foto: Matheus Tagé/A Tribuna Jornal e Arquivo Pessoal

“Eu levo na esportiva. Vai adiantar ficar aqui chorando? ‘Ai, e agora, o que eu vou fazer da minha vida?’ Não adianta nada disso, é arregaçar as calças e sair atrás do que precisa. Primeiro, saber quanto vou gastar e quanto tempo vou ficar parada. Não adianta ficar me lamentando. Eu não vou ficar fazendo drama da minha vida, nunca fiz”, disse.

Para se ocupar até o carro ficar pronto, Maria Albina contou que tem ficado mais tempo na cozinha e cuidando da casa. Mas, afirmou que não aguentará muito tempo e não vê a hora de voltar aos passeios, já que não considera dirigir um trabalho.

Maria Albina Oliveira da Cruz trabalha diariamente como motorista de aplicativo em Santos (SP). Ao g1, a ‘Vovó do Uber’ contou que dirige desde os 20 anos, mas que só atua na profissão há quatro anos e meio. Ela não considera dirigir um trabalho, mas sim, um passeio.

Maria Albina Oliveira da Cruz conta que fazer as corridas por aplicativo é uma terapia para ela — Foto: Matheus Tagé/Jornal A Tribuna

Com mais de 20 mil viagens registradas na plataforma do aplicativo, Maria brincou dizendo que só três passageiros a estressaram nesse período. Ela trabalha de sete a oito horas por dia, atendendo entre 22 e 25 corridas. “Não é o dinheiro que me prende. Quando começa a escurecer, eu paro, pois se eu ficar muito tempo dirigindo à noite, começa a me dar ansiedade. Gosto de dirigir durante o dia”.

Com três filhos, sete netos e uma bisneta, Maria Albina já trabalhou como corretora de imóveis e costureira. “Quando pintou o aplicativo na minha vida, foi a profissão certa para mim. Adoro ir para lá e para cá, ir e voltar com passageiro. Quando eles perguntam por que estou trabalhando com essa idade, falo que estou passeando. A primeira coisa que perguntam é a idade, mas, para mim, fazer corrida é uma terapia”.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

grupo-gera-confusao,-ofende-e-tenta-agredir-policiais-militares-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Grupo gera confusão, ofende e tenta agredir policiais militares no litoral de SP; VÍDEO

Um homem de 22 anos foi preso por desacato à autoridade após um grupo, em que ele fazia parte, iniciar uma confusão com ofensas e tentativas de agressões a policiais militares em Santos, no litoral de São Paulo (confira no vídeo acima). Segundo a Polícia Militar (PM), um menor de 17 anos envolvido no caso também foi conduzido à delegacia. A ocorrência aconteceu na tarde de quinta-feira (26), no Parque […]

today28 de janeiro de 2023 75

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%