G1 Mundo

A colossal obra que girou prédio inteiro nos EUA há quase um século

today11 de fevereiro de 2023 9

Fundo
share close

Ao longo das últimas décadas, as técnicas foram refinadas, as máquinas encarregadas da transferência ficaram mais potentes e os métodos se tornaram mais variados, desde a instalação de balões de hélio até o uso de trilhos ou cordas.

Estruturas de todos os tipos foram realocadas: antigas casas vitorianas, prédios de apartamentos, escolas, fábricas e até estações de ônibus inteiras.

No entanto, na década de 1930, mudanças desse tipo representavam um desafio monumental.



No caso da sede da Indiana Bell Telephone Company, empresa de telefonia localizada na cidade de Indianapolis, nos Estados Unidos, a obra foi um pouco mais complicada: o edifício foi girado em 90 graus na horizontal.

A construção tinha oito andares e pesava 11 mil toneladas.

O incrível é que o processo foi feito enquanto os funcionários ainda estavam dentro do prédio.

Todas as manhãs, durante o horário comercial, os 600 trabalhadores da empresa entravam e saíam por uma porta que não estava no mesmo lugar do dia anterior.

Uma plataforma móvel de madeira permitia que os funcionários e o público entrassem e saíssem do prédio a qualquer momento, enquanto a obra estava em andamento.

Fios e canos foram alongados para tornar isso possível, de modo que os serviços de telefone, gás, aquecimento ou esgoto não fossem interrompidos.

O processo foi realizado em pouco mais de quatro semanas, com extrema precisão e deu à Indiana Bell Telephone Company, subsidiária da empresa AT&T, o tão esperado espaço para ampliar a sua sede.

Em 1929, os gerentes da empresa perceberam que o espaço que tinham na North Meridian Street havia ficado muito pequeno. Eles pensaram, então, em demolir o antigo edifício, concluído em 1907, para construir uma estrutura maior.

No entanto, como companhia telefônica, a sede prestava um serviço essencial à cidade e não era possível desligá-la.

A solução adotada foi deslocar a antiga estrutura em direção ao terreno dos fundos para, assim, abrir espaço à nova edificação no terreno livre.

Fachada da sede da Indiana Bell Telephone Company — Foto: CORTESIA DE AT&T ARCHIVES AND HISTORY CENTER

A transferência começou em outubro de 1930 com a ajuda de dezenas de macacos hidráulicos manuais e uma máquina a vapor.

“O plano prevê que o prédio original de oito andares seja movido de sua atual localização na esquina para os fundos da propriedade”, anunciaram jornais à época.

O projeto “desobstruirá uma área de 60 por 30 metros, sobre a qual será erguido o novo edifício”, anunciou a diretoria da empresa.

Nas quatro semanas seguintes, o enorme edifício de aço e tijolos moveu-se, centímetro a centímetro, 16 metros para o sul, girou 90 graus e depois moveu-se novamente 30 metros para o oeste.

Durante todo o mês de obras, a empresa não perdeu um único dia de trabalho ou interrompeu o serviço.

Em 1965, a empresa ampliou novamente a sede e construiu um prédio ainda maior — Foto: THE INDIANA ALBUM: RAY HINZ COLLECTION

O prédio antigo ficou por 33 anos no novo endereço, até ser demolido para dar lugar a uma edificação maior.

“Basicamente, existem duas formas de realocar um edifício: desmontá-lo e reconstruí-lo na nova posição ou mover toda a estrutura”, explica Irene Rodríguez, engenheira sênior da empresa britânica Mace Group.

“A escolha do processo é feita de acordo com muitos fatores. A distância a ser percorrida é um dos mais importantes”, acrescenta.

Além disso, explica a especialista, existem diferenças técnicas a depender do tipo de construção.

“Não é a mesma coisa mover um prédio com paredes portantes [que constituem a estrutura da construção] ou um feito de aço, pois nesse processo será necessário reforçar temporariamente a estrutura para evitar o colapso durante a mudança”, complementa.

O mais comum hoje é que as empresas recorram a grupos de engenharia especializados nesse tipo de projeto.

Esse processo todo aconteceu em Indianápolis há quase um século.

“A movimentação do antigo prédio apresenta alguns problemas muito interessantes, principalmente porque a mudança deve ser feita sem a interrupção do serviço”, reconhecia o conselho da Indiana Bell Telephone Company.

“O projeto não é um experimento. O empreiteiro que fez o trabalho tinha um histórico invejável de lidar com problemas de movimento muito mais complexos”, continua o texto.

“O plano foi adotado somente após uma longa e cuidadosa consideração tanto da segurança quanto da economia.”

“É interessante notar que ficou definitivamente demonstrado que, em nenhum momento durante a obra, a resistência do edifício foi diminuída. Durante o movimento, as fundações foram tão fortes quanto em qualquer outro momento”, explicaram os representantes da emprensa.

Com a mudança do edifício antigo concluída em dezembro de 1930, a nova sede ficou pronta para ser ocupada no final de 1932. Assim, a Indiana Bell Telephone Company tornou-se um prédio marcante no horizonte da cidade pelas décadas seguintes.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

china-faz-apelo-por-medidas-‘ousadas’-para-cortar-custos-de-ter-bebes

G1 Mundo

China faz apelo por medidas ‘ousadas’ para cortar custos de ter bebês

Uma autoridade de saúde chinesa pediu aos governos locais que tomem medidas "ousadas" para reduzir o custo de ter bebês e criar filhos. A ideia é que isso reduza o fardo sobre as famílias e aumente a fertilidade, informou uma publicação apoiada pelo Estado nesta sexta-feira (10). A população da China caiu no ano passado pela primeira vez em seis décadas, mostraram dados divulgados no mês passado, uma virada histórica […]

today11 de fevereiro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%