G1 Mundo

‘A possibilidade de limpeza étnica da população palestina é gravíssima’, diz brasileira que fez documentário sobre Oriente Médio

today16 de outubro de 2023 20

Fundo
share close

Júlia Bacha trabalha contando a história da cooperação entre palestinos e israelenses na busca pela paz na região que agora vive um de seus conflitos mais mortais.


  • Júlia Bacha relatou sobre a situação na região, já que colegas da sua produtora Just Vision estão em Tel Aviv, Ramallah, Haifa, Gaza e Jerusalém.



  • Júlia explica que o trabalho da sua produtora há duas décadas foca em contar histórias de palestinos israelenses que se solidarizam um com outro e trabalham por um futuro mais igual na região.

  • Outra crítica feita pela brasileira é na perseguição a Israelenses que são contra a guerra, incluindo jornalistas.

http://g1.globo.com/

‘Possibilidade de limpeza étnica da população palestina é gravíssima’, diz documentarista

Em entrevista à GloboNews, a documentarista especialista em Política e História do Oriente Médio Júlia Bacha relatou sobre a situação na região, já que colegas da sua produtora Just Vision estão em Tel Aviv, Ramallah, Haifa, Gaza e Jerusalém. “Existe uma crise humanitária de níveis que nós não vemos há muito muito tempo“.

Júlia Bacha fala sobre situação vivida pelos moradores da Faixa de Gaza. — Foto: GloboNews/Reprodução

“A possibilidade de limpeza étnica da população palestina nesse momento é gravíssima. Eu sei que muitas pessoas se perguntam como que as piores atrocidades que a gente sabe que foram cometidas historicamente, como que isso foi possível, como que se deixou acontecer. E a gente está vivendo nesse momento, agora, uma lição de como as atrocidades acontecem”, continua.

Júlia explica que o trabalho da sua produtora há duas décadas foca em contar histórias de palestinos israelenses que se solidarizam um com outro e trabalham por um futuro mais igual na região.

“Existem muitos exemplos de resistência pacífica onde palestinos com a solidariedade de ativistas israelenses tentaram montar levantes”, explica. Mas, segundo ela, esse tipo de resistência não recebe a atenção mundial e os olhos só se voltam para a região quando há ataques violentos.

“Quando a violência terrível, horrorosa, brutal do Hamas acontece, agora nós estamos falando. Num contexto desesperador, porque o contexto agora é um contexto em que a vida de dois milhões de pessoas dentro de Gaza está nas mãos de um governo abertamente racista, com o apoio completo do governo americano.”, analisou a documentarista.

Perseguição a jornalistas

Outra crítica feita pela brasileira é na perseguição a Israelenses que são contra a guerra, incluindo jornalistas. “Eu não sei se vocês estão acompanhando o que está acontecendo em Israel nesse momento, mas israelenses que se colocam contra a guerra nesse momento estão sendo perseguidos”, diz ela.

Segundo Júlia Bacha, jornalistas judeus que se declaram contra os ataques em Gaza são perseguidos. Segundo seus colegas em Israel, um jornalista quase foi violentamente atacado no caminho de casa por causa do seu posicionamento.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

israel-dara-fuzis-a-civis-para-defender-cidades,-afirma-policia

G1 Mundo

Israel dará fuzis a civis para defender cidades, afirma polícia

Mais de 13 mil pessoas receberão equipamentos para 'proteger cidades' em caso de ataque. Bandeira de Israel — Foto: Ronen Zvulun/Arquivo/Reuters A polícia de Israel anunciou, nesta segunda-feira (16), que começará a armar civis para acelerar a resposta em caso de ataque ou situação de crise nas cidades. O país está em guerra com o grupo Hamas, que fica baseado na Faixa de Gaza. O chefe da polícia, Kobi Shabtai, […]

today16 de outubro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%