Gospel Prime

“A voz cristã foi marginalizada”, diz evangelista preso por pregar na pandemia

today1 de junho de 2022 9

Fundo
share close

Andrew Sathiyavan foi preso e multado em 100 libras por pregar durante a pandemia, mas conseguiu anular sua multa em uma batalha judicial. A prisão aconteceu no domingo de Páscoa de 2020, durante lockdown imposto para tentar impedir o avanço da Covid-19.

Ele foi preso em Sutton High Street, acusado de comportamento anti-social e mantido sob custódia por seis horas, não podendo falar com sua esposa.

Após tentar recorrer, sua multa chegou a ser aumentada em 500 libras, quando os tribunais alegaram que ele deveria ter continuado seu ministério online, em vez de nas ruas.

Ao Premier Christian News, Andrew Sathiyavan disse que sentiu que era uma oportunidade boa para levar o Evangelho às ruas.

“Senti que era uma oportunidade muito boa, como Jesus fez, para levar o evangelho às ruas”, disse.



“O tribunal ou a polícia me disseram para fazer isso online. Como pregador de rua, você não pode fazer isso online, porque as pessoas quebradas, os sem-teto, os viciados em drogas, as pessoas que precisam desesperadamente estão nas ruas”, continuou.

De acordo com o evangelista, ao ouvir que a pregação do Evangelho não era essencial, não era importante, respondeu dizendo que aquilo era a coisa mais importante.

“Eu disse ‘escute, esta é a coisa mais importante”, disse.

Com a ajuda de Christian Concern, Andrew teve seu caso anulado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Michael Caceres

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

igreja-ortodoxa-ucraniana-rompe-relacoes-com-igreja-russa-por-guerra

Gospel Prime

Igreja Ortodoxa Ucraniana rompe relações com Igreja Russa por guerra

A Igreja Ortodoxa Ucraniana anunciou na sexta-feira (28) que está rompendo com a Igreja Ortodoxa Russa devido ao apoio de sua liderança ao ditador Vladimir Putin, declarando sua “independência total”. Essa decisão foi tomada após uma reunião da liderança da igreja na Ucrânia, seguida por um comunicado do conselho condenando a invasão russa ao país e o patriarca Kirill, chefe da igreja russa, por seu apoio a “operação militar especial”. […]

today1 de junho de 2022 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%