G1 Mundo

Alckmin diz que ‘ataque de Israel contra civis’ em Gaza é ‘inconcebível’ e que luta pela paz é um ‘imperativo ético’

today1 de março de 2024 5

Fundo
share close

Na ocasião, o governo do Hamas acusou soldados israelenses, que intermediavam a distribuição, de abrir fogo contra palestinos. Cerca de 750 pessoas também ficaram feridas.

No X, antigo Twitter, Alckmin afirmou que ficou chocado com o ataque de Israel.

“Fiquei absolutamente chocado com a notícia do ataque contra civis palestinos na Faixa de Gaza, perpetrado por forças militares israelenses, que vitimou dezenas de pessoas e feriu outras centenas. Obstar o acesso de indivíduos à ajuda humanitária é inconcebível sob qualquer perspectiva, e abrir fogo contra civis viola os preceitos mais básicos de humanidade”, escreveu.



Alckmin afirma que Lula 'quer a paz' após fala do presidente sobre Israel.

Alckmin afirma que Lula ‘quer a paz’ após fala do presidente sobre Israel.

Em outro trecho da publicação, o vice-presidente falou sobre a importância de se defender a paz e endossou as críticas de Lula à guerra entre Israel e Hamas (leia mais abaixo).

“Lutar pela paz, como defende o presidente Lula, não é mais uma opção, mas um imperativo ético que deve orientar todos os esforços da comunidade internacional neste momento. É preciso dar o primeiro passo no caminho da paz: cessar-fogo imediato, libertação dos reféns e entrada de assistência humanitária”, completou.

Lula afirmou que Israel impõe ao povo palestino uma “punição coletiva” e que os países da Celac precisam dizer um “basta” ao que chamou de “carnificina”.

“As pessoas estão morrendo na fila para obter comida. A indiferença da comunidade internacional é chocante. Eu quero aproveitar a presença do nosso querido companheiro secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, para propor uma moção da Celac pelo fim imediato desse genocídio”, afirmou Lula.

“Nossa dignidade e humanidade estão em jogo. Por isso, é preciso parar a carnificina em nome da sobrevivência da humanidade, que precisa de muito humanismo”, prosseguiu o presidente.

Pressão por cessar-fogo em Gaza aumenta após ataque a tiros que matou 100 palestinos.

Pressão por cessar-fogo em Gaza aumenta após ataque a tiros que matou 100 palestinos.

“O governo Netanyahu volta a mostrar, por ações e declarações, que a ação militar em Gaza não tem qualquer limite ético ou legal. E cabe à comunidade internacional dar um basta para, somente assim, evitar novas atrocidades. A cada dia de hesitação, mais inocentes morrerão”, disse o governo brasileiro.

Nas horas seguintes à morte dos palestinos em Gaza, relatos anônimos feitos a diversos veículos imprensa indicaram que as tropas israelenses abriram fogo contra as vítimas no momento em que elas tentavam acessar caminhões com ajuda humanitária.


As Forças de Defesa de Israel chegaram a negar, em um primeiro momento, que tivessem disparado – e creditaram as mortes a pisoteamentos e brigas.

Depois, o porta-voz Daniel Hagari afirmou que tanques que faziam escolta deram “disparos de aviso”, mas seguiu negando que os soldados tivessem disparado contra a multidão.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video:-motorista-e-resgatada-de-caminhao-pendurado-em-ponte-nos-eua

G1 Mundo

VÍDEO: motorista é resgatada de caminhão pendurado em ponte nos EUA

Socorristas utilizaram uma corda para descer até a cabine do caminhão onde a motorista estava presa para resgatá-la e a levar para segurança. Mulher é resgatada de caminhão pendurado em ponte nos EUA Uma caminhoneira foi resgatado nos EUA após seu caminhão ter ficado pendurado em uma ponte no Kentucky nesta sexta-feira (1º). Os socorristas utilizaram uma corda para descer até a cabine do caminhão onde a motorista estava presa […]

today1 de março de 2024 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%