G1 Mundo

Alemanha nomeia novo ministro da Defesa e sinaliza mais militarização

today17 de janeiro de 2023 6

Fundo
share close

A ex-titular da pasta Christine Lambrecht renunciou na segunda-feira (16) após uma série de escândalos e acusações de má gestão da pasta, que tem sido pressionada a fornecer mais equipamentos militares para a Ucrânia.

O atual ministro do Interior do estado da Baixa Saxônia, Boris Pistorius, assumirá a pasta no lugar de Lambrecht. Pistorius, de 62 anos, completou o serviço militar no início dos anos 1980 e trabalhou com as Forças Armadas.

“Quero tornar as Forças Armadas fortes para o futuro”, disse Pistorius em uma breve declaração antes de ser formalmente nomeado na quinta-feira.



Pistorius assume a tempo de participar de uma conferência entre países ocidentais na base militar dos Estados Unidos em Ramstein, na Alemanha, para discutir o aumento de fornecimento de armas a Kiev.

O governo alemão, que até ano passado tinha uma forte política de desmilitarização, vem sendo pressionado por aliados ocidentais para permitir que a Ucrânia use tanques de fabricação alemã na guerra com a Rússia.

Até agora, a Alemanha tem sido cautelosa ao aprovar o envio de tanques Leopard pesados, por conta da preocupação de que esse movimento possa ser visto como uma escalada da guerra.

Nesta terça-feira, no entanto, o chanceler do país, Olaf Scholz, disse que o envio dos tanques Leopard “está em discussão”.

Espera-se que o novo ministro da Defesa receba seu homólogo norte-americano, Lloyd Austin, em Berlim na quinta-feira (19).

Como o chanceler Olaf Scholz, o novo ministro Boris Pistorius concorreu à liderança do partido Social Democrata (SPD) em 2019 – ambos perderam – e é conhecido por adotar uma linha dura em questões de segurança.

Scholz o descreveu como um amigo e bom político.

“Ele é alguém com muita experiência em política de segurança, que cooperou aberta e estreitamente em seu papel anterior com o Bundeswehr e que possui a força e a calma necessárias para uma tarefa tão importante”, disse ele.

Pistorius manteve um relacionamento com Doris Schroeder-Kopf, ex-esposa do ex-chanceler Gerhard Schroeder.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

lula-se-reune-com-mauro-vieira-e-tenta-fechar-agenda-de-encontros-bilaterais-na-argentina;-fernandez-e-maduro-estao-na-lista

G1 Mundo

Lula se reúne com Mauro Vieira e tenta fechar agenda de encontros bilaterais na Argentina; Fernández e Maduro estão na lista

No país vizinho, o presidente participa do encontro da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e faz reuniões com outros chefes de Estado – incluindo o anfitrião Alberto Fernández. Lula e Fernández estiveram juntos em São Paulo, no dia seguinte ao resultado do segundo turno, e também na cerimônia de posse de Lula no dia 1º de janeiro. Em 2 de janeiro, os chefes de Estado também mantiveram uma […]

today17 de janeiro de 2023 17

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%