G1 Santos

Apoiador de Lula mata a facadas amigo bolsonarista no litoral de SP após ouvir que ‘todo petista era ladrão’

today5 de outubro de 2022 13

Fundo
share close

Crime aconteceu em Itanhaém (SP). Segundo a Polícia Militar (PM), homens moravam juntos há cinco anos.

Homem é preso em flagrante após matar amigo a facadas em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução



Um homem foi preso em flagrante após matar um amigo a facadas durante uma discussão por discordância política em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Conforme divulgado pela Polícia Militar nesta quarta-feira (5), o suspeito é eleitor de Lula (PT), enquanto a vítima apoiava Jair Bolsonaro (PL). A discussão foi iniciada por conta da discordância política.

O crime aconteceu no fim da tarde da última terça-feira (4) na Avenida Santo André, no bairro Nova Itanhaém. Após ser detido pela Polícia Militar, o suspeito, Luis Antônio Ferreira da Silva, de 42 anos, confessou o assassinato e relatou que morava junto com a vítima, José Roberto Gomes Mendes, de 52, há cinco anos.

No local, os agentes encontraram o corpo do bolsonarista no chão e com oito ferimentos de faca espalhados pelo rosto, costas e pescoço. Ele usava uma camisa com a foto de Bolsonaro. Em depoimento à PM, o suspeito alegou que a discussão começou durante o almoço, quando a vítima disse que “todo petista era ladrão” e recebeu como resposta que ele “estava comendo a comida que o petista comprou”.

Ainda conforme relatado pelo suspeito à corporação, José Roberto atirou uma panela em sua direção e, na sequência, pegou uma faca para atacá-lo. Os dois entraram em luta corporal, quando Luis Antônio tomou o objeto e golpeado a vítima.

Conforme registrado em Boletim de Ocorrência na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itanhaém (SP), os “motivos e quantidades de facadas descartam, por ora, o eventual reconhecimento de legítima defesa” por parte de Luis Antônio. O homem foi conduzido à Cadeia Pública de Peruíbe, também no litoral de São Paulo.

Apoiador de Jair Bolsonaro (PL) foi morto a facadas durante discussão no litoral de São Paulo — Foto: Reprodução

Por meio de nota, a Prefeitura de Itanhaém (SP) alegou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu a ocorrência e que ambos tinham “instabilidade emocional”. Ainda de acordo com o município, após cometer o crime, o suspeito aguardou a chegada da PM e do Samu.

No dia 10 de Julho, o guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Aloizio de Arruda, de 50 anos, morreu após ser baleado na própria festa de aniversário em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. A Polícia Civil informou que o homem que atirou contra Marcelo Arruda foi o policial penal federal Jorge Jose da Rocha Guaranho. Guaranho, que se identifica em redes sociais como apoiador do presidente Bolsonaro (PL), chegou no local gritando ‘aqui é Bolsonaro!’.

Já no Mato Grosso do Sul, no mês passado, a Polícia Civil prendeu em flagrante um trabalhador rural bolsonarista que matou a facadas um colega, apoiador do PT. Rafael Silva de Oliveira, de 24 anos, confessou ter matado Benedito Cardoso dos Santos, de 42 anos, na noite de 7 de setembro durante uma discussão por política.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cidades-da-baixada-santista-ampliam-temporariamente-publico-para-vacina-contra-meningite

G1 Santos

Cidades da Baixada Santista ampliam temporariamente público para vacina contra meningite

Medida segue até junho de 2023 em Cubatão, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Santos e São Vicente. Cidades da Baixada Santista ampliam temporariamente a vacina contra a meningite para adolescentes de 13 e 14 anos — Foto: Prefeitura de Santos/Divulgação As cidades de Cubatão, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Santos e São Vicente, no litoral de São Paulo, vão disponibilizar temporariamente, até junho de 2023, a vacina Meningocócica Acwy, que previne meningites e infecções […]

today4 de outubro de 2022 23

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%