G1 Mundo

Após dois ataques a deputados, Coreia do Sul se preocupa com violência política

today27 de janeiro de 2024 1

Fundo
share close

Os políticos do país frequentemente andam sem agentes de segurança porque na Coreia do Sul as leis sobre o armamento são muito restritivas e pouca gente anda armada.




Deputada da Coreia do Sul é atacada em Seul

Deputada da Coreia do Sul é atacada em Seul

  • No dia 2 de janeiro, o líder da oposição, Lee Jae-myung, foi esfaqueado durante uma visita a uma cidade portuária do país. Ele levou uma facada no pescoço.
  • No dia 25 de janeiro, Bae Hyun-jin , uma deputada do partido governista, foi atacada por um adolescente com uma pedra.

Bae Hyun-jin , a deputada do partido governista, foi atacada em um bairro rico de Seul. Um vídeo gravado por câmeras de segurança mostra que o agressor bateu nela diversas vezes quando ela já estava caída no chão.

Segundo a agência de notícias Yonhap, o agressor tem 15 anos e foi preso no local. Ele se aproximou da deputada, perguntou o nome dela e então começou a bater nela com uma pedra –ainda não há detalhes sobre a identidade do agressor e nem sobre o motivo do ataque.

No dia 2 de janeiro, Lee Jae-myung, o líder da oposição na Coreia do Sul, foi esfaqueado no pescoço. Ele foi submetido a uma cirurgia para reconstruir vias sanguíneas.

Shin Yul , um professor de ciência política do país, afirma que os sul-coreanos não têm opiniões políticas com base em um sistema de preferência, mas são fãs de um político que começam a apoiar. “Nesses casos, eles não enxergam outros partidos como uma espécie de parceiro, mas como inimigos. Acho que é por isso que vemos esse tipo de terrorismo político aqui com frequência”, diz ele.

Os políticos do país frequentemente andam sem agentes de segurança porque na Coreia do Sul as leis sobre o armamento são muito restritivas e pouca gente anda armada.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mais-de-60-reeducandos-sao-aprovados-no-enem-na-baixada-santista-e-vale-do-ribeira,-sp

G1 Santos

Mais de 60 reeducandos são aprovados no Enem na Baixada Santista e Vale do Ribeira, SP

Na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, 64 reeducandos que cumprem pena em unidades prisionais foram aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). Eles pertencem as unidades localizadas em São Vicente, Mongaguá e Registro. De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), a aprovação ocorre a partir dos seguintes critérios: nota final acima de 450 pontos e não zerar na redação. […]

today27 de janeiro de 2024

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%