G1 Mundo

Após extinguir a Cruz Vermelha na Nicarágua, Ortega cria a Cruz Branca

today6 de junho de 2023 12

Fundo
share close

Não bastasse a extinção da Cruz Vermelha Nicaraguense e o confisco de todos os bens da entidade criada em 1931, o regime comandado por Daniel Ortega criou a sua própria versão da organização humanitária: a Cruz Branca, que passa a ser subordinada ao Ministério da Saúde, sem o prestígio, o aval e a autonomia do organismo internacional.

A decisão foi atabalhoada e sacramentada na última sexta-feira (2) pela Assembleia Nacional, dominada pelo regime.

Na véspera, os deputados aprovaram a criação da Cruz Vermelha, dando ao governo sandinista a propriedade do símbolo e do patrimônio, mas, no dia seguinte, recuaram: revogaram a lei e, em caráter de urgência, batizaram a entidade com outro nome.



A dissolução da Cruz Vermelha, há três semanas, foi o golpe fatal da ofensiva de Ortega contra as organizações não governamentais: estima-se que mais de três mil entidades foram extintas nos quatro mandatos consecutivos em que o ditador rege o país.

A alegação era de que a organização violou os princípios de neutralidade nos protestos contra o governo em 2018, que exigiam a renúncia do ditador, prestando atendimento aos manifestantes feridos pela atuação das forças comandadas por ele.

Além das ONGs, o regime fechou 12 universidades privadas, suprimiu o Conselho Superior da Empresa Privada (Cosep) e 18 sindicatos de produtores, exilou à força mais de 300 prisioneiros políticos e dissidentes, retirando deles a nacionalidade nicaraguense.

Motociclista passa diante de mural com o rosto de Daniel Ortega, presidente da Nicarágua (à esquerda), e do revolucionário César Augusto Sandino, durante as eleições gerais deste domingo (7), em Manágua — Foto: Andrés Nunes/AP Photo

Com a criação da Cruz Branca, o governo pega para si a missão de realizar atividades assistenciais de acordo com seus próprios parâmetros e não os estabelecidos pela Cruz Vermelha Internacional. A entidade atuava de forma independente no país desde 1931, com dois mil voluntários distribuídos em 28 sedes e dispunha de 63 ambulâncias.

A prestação de socorro em desastres naturais e conflitos, assim como a verificação das condições humanitárias de presos políticos, que caracterizam a excelência do organismo internacional, passam para a esfera sandinista e, por consequência, são rebaixadas.

“O plano da ditadura é que os cidadãos não tenham nenhuma organização autônoma a quem recorrer em caso de emergência”, resumiu o cientista político Felix Maradiaga, ex-candidato presidencial e atualmente um dos 300 exilados pelo regime.

O regime Ortega apresenta a Cruz Branca como uma instituição descentralizada, que atuará sob “o modelo cristão, socialista e solidário”. Quem não o conhece, que compre essa narrativa.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mesa-diretora-da-camara-confirma-cassacao-de-deltan-dallagnol

Gospel Prime

Mesa Diretora da Câmara confirma cassação de Deltan Dallagnol

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados confirmou nesta terça-feira (6) a cassação do mandato do deputado evangélico Deltan Dallagnol (Podemos-PR), determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em maio. A decisão foi tomada durante uma reunião fechada da Mesa e ainda não foi anunciada em plenário. O documento oficializando a perda do mandato de Dallagnol, denominado Ato da Mesa 72, datado de 6 de junho de 2023, foi assinado pelo […]

today6 de junho de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%