G1 Mundo

Após reunião com Alckmin, enviada da União Europeia fala em ‘acelerar’ acordo com Mercosul

today17 de março de 2023 7

Fundo
share close

Margrethe Vestager deu a declaração em Brasília, após participar de uma reunião com o vice-presidente Geraldo Alckmin.

O acordo Mercosul-União Europeia é negociado desde 1999. Vinte anos depois do início das conversas, em 2019, os blocos finalizaram as negociações comerciais e, um ano depois, os chamados aspectos políticos e de cooperação. Desde então, o acordo está em fase de revisão.

“Para nós, finalizar as negociações do acordo Mercosul União Europeia é absolutamente prioritário. É um momento muito importante para acelerar a finalização e este é o momento para fazer as coisas acontecerem”, afirmou a enviada da Comissão Europeia.



Intensificação de tratativas

A questão ambiental está entre os entraves para a conclusão do acordo. Diante disso, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, já declarou que atuará para tentar destravar o acordo e concluir as negociações.

Durante o governo Jair Bolsonaro (PL), diversos países da Europa criticaram a condução da política ambiental no Brasil. Noruega e Alemanha, por exemplo, principais doadores do Fundo Amazônia, suspenderam os repasses. Além disso, a França passou a criticar publicamente a condução da gestão ambiental do governo Bolsonaro.

Em 1º de janeiro, quando tomou posse, o presidente Lula (PT) assinou um decreto determinando a reativação do Fundo Amazônia, e a Noruega e a Alemanha retomaram os repasses – Estados Unidos e União Europeia já anunciaram intenção de fazer repasses ao fundo

Ao lado de Margrethe Vestager, o vice-presidente Geraldo Alckmin afirmou ser preciso “fortalecer” as relações entre os dois blocos.

Alckmin também ressaltou que o presidente Lula tem defendido o combate às mudanças climáticas e ao desmatamento, além da adoção de medidas que visem o desenvolvimento sustentável.

“Nós queremos fortalecer esta parceria. Temos os mesmos valores, os mesmos princípios do desenvolvimento inclusivo, do desenvolvimento com estabilidade e o desenvolvimento com sustentabilidade”, afirmou o vice-presidente.

“Foi uma reunião bastante proveitosa, destaquei também o interesse do Brasil e do Mercosul no acordo com a União Europeia”, completou.

Segundo Alckmin, “nas próximas semanas” deve ser agendada uma visita da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ao Brasil. O vice-presidente também afirmou que, após a viagem à China, o presidente Lula fará uma viagem à Europa.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

trump-nao-entrega-ao-governo-dos-eua-cerca-de-us$-250-mil-em-presentes-recebidos-de-autoridades-estrangeiras

G1 Mundo

Trump não entrega ao governo dos EUA cerca de US$ 250 mil em presentes recebidos de autoridades estrangeiras

Objetos recebidos de autoridades estrangeiras, que somam um valor de US$ 250 mil (R$ 1,3 milhão, aproximadamente), não foram declarados como presentes do governo durante a gestão de Donald Trump na presidência dos Estados Unidos, diz relatório divulgado nesta sexta-feira (17) por deputados democratas. Foram mais de 100 presentes não documentados de forma adequada recebidos por Trump, sua esposa Melania, sua filha Ivanka e pelo assessor Jared Kushner. Veja abaixo […]

today17 de março de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%