G1 Mundo

Após turista condenado por pegar filhote de bisão, autoridades dos EUA buscam mais dois homens que tocaram em animal

today9 de junho de 2023 6

Fundo
share close

Na semana passada, um cidadão do Havaí foi condenado pela Justiça dos EUA por tocar e pegar um filhote de bisão que, segundo ele, tentava atravessar um rio para encontrar sua mãe no parque de Yellowstone.

Por causa do contato, o filhote – como, segundo especialistas, costuma acontecer com essa espécie – foi rejeitado por sua mãe e pelo resto da manada e, por isso, teve de ser sacrificado.

O novo caso ocorreu no domingo (4) no parque de Grand Teton, em Wyoming. A direção do parque está investigando o caso e pediu ajuda para buscar os turistas – pela norma de parques nacionais dos EUA, visitantes são obrigados a manter distância de pelo menos 23 metros de bisões, por segurança e pela tendência de rejeição após contato com humanos.



“No domingo, 4 de junho, aproximadamente às 13h, dois indivíduos foram vistos se aproximando e tocando um filhote de bisão no extremo sul de Elk Ranch Flats, no Parque Nacional Grand Teton. O incidente está atualmente sob investigação e o parque está pedindo qualquer informação”, disse, em comunicado, a direção do parque.

Neste caso, ainda segundo a administração do Grand Teton, o filhote não foi rejeitado.

Homem com um filhote de bisão no parque de Yellowstone, nos Estados Unidos — Foto: Hellen Jack/nps.gov

Ainda assim, Walters foi condenado e deverá pagar uma multa de US$ 500 (cerca de R$ 2.500), além de ter de fazer serviço comunitário e arcar com custos relacionados ao processo.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘cena-de-filme-apocaliptico’,-brasileiras-relatam-dias-caoticos-com-nuvem-de-fumaca-em-nova-york

G1 Mundo

‘Cena de filme apocalíptico’, brasileiras relatam dias caóticos com nuvem de fumaça em Nova York

A capixaba e engenheira civil Nathália dos Reis Monteiro mora em Nova York há três anos e meio e começou a perceber que o tempo estava ficando estranho na terça-feira (6). Na quarta-feira (7), a situação piorou e ela teve que trabalhar de casa. "Na terça à tarde já estava assim e na quarta foi um caos. Eu já estava sentindo um gosto de fumaça, de queimado, e tudo piorou […]

today9 de junho de 2023 28

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%