G1 Mundo

Após vitória de partido contrário à unificação com a China, Biden diz que não apoiará independência de Taiwan

today13 de janeiro de 2024 4

Fundo
share close

“Não apoiamos a independência”, disse Biden, quando perguntado sobre a reação às eleições deste sábado, segundo a Reuters, agência internacional de notícias.

Já o governo chinês afirmou que a vitória do candidato do Partido Democrático Progressista de Taiwan, Lai Ching-te, na eleição presidencial da ilha não mudará o cenário básico das relações entre a China e Taiwan.

Para a China, Taiwan é uma província rebelde que segue fazendo parte de seu território. Já para o governo de Taiwan, a ilha é um estado independente, gerido por uma Constituição própria, e por décadas foi considerada o próprio governo chinês, no exílio.



Ainda de acordo com a Reuters, o Escritório de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado disse que os resultados eleitorais mostraram que o Partido Democrático Progressista não representa a opinião pública dominante na ilha.

O candidato do principal partido da oposição, o Kuomintang (KMT), Hou Yu-ih, admitiu a derrota eleitoral. O KMT não é um partido aliado da China, mas era o favorito do governo chinês porque considera que Taiwan e a China são um único país.

Eleição em Taiwan: vitória do partido governista

Lai Ching-te, presidente eleito de Taiwan — Foto: Ann Wang/Reuters

Em seu primeiro pronunciamento após a vitória, Lai disse estar determinado a “proteger Taiwan das ameaças e intimidação da China” e afirmou que “o povo de Taiwan resistiu com sucesso aos esforços de forças externas que queriam influenciar as eleições”.

Lai disse ainda que usará o diálogo no lugar do confronto e que está disposto a conversar com a China “com base na dignidade e na paridade”.

No período que antecedeu as eleições, a China denunciou repetidamente Lai como um separatista perigoso e rejeitou os seus apelos por diálogo, conforme informações da Reuters.

Relação entre EUA e Taiwan

Horas antes da abertura das urnas, Washington advertiu que “seria inaceitável” que “qualquer” país interferisse nas eleições.

Os Estados Unidos são o mais importante apoiador internacional e fornecedor de armas de Taiwan, apesar da falta de laços diplomáticos formais com a ilha.

O governo Biden temia que a eleição, a transição e o novo governo aumentassem o conflito com Pequim, segundo a Reuters.

Ainda de acordo com a Reuters, funcionários do governo de Taiwan disseram que acreditam que a China tentará pressionar seu novo presidente após a votação, por meio, inclusive, de realização de manobras militares perto do território.

Em uma demonstração de apoio ao governo taiwanês, Biden planeja enviar uma delegação não oficial para a ilha autônoma, segundo um funcionário graduado do governo norte-americano.

Em 2016, a conversa por telefone entre o então presidente eleito dos EUA Donald Trump e o então presidente de Taiwan desagradou a China. Foi a primeira conversa desse tipo entre os líderes dos EUA e de Taiwan desde que o presidente Jimmy Carter mudou o reconhecimento diplomático de Taiwan para a China em 1979.

Maioria dos países do mundo não reconhecem Taiwan como um país

Maioria dos países do mundo não reconhecem Taiwan como um país




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘mumias-extraterrestres’-achadas-no-peru-sao,-na-verdade,-bonecos-feitos-com-ossos-de-animais

G1 Mundo

‘Múmias extraterrestres’ achadas no Peru são, na verdade, bonecos feitos com ossos de animais

Uma investigação forense realizada no Peru constatou que as duas "múmias extraterrestres" que haviam aparecido misteriosamente no aeroporto de Lima em outubro são, na verdade, bonecos feitos com ossos de animais. "A conclusão disso em termos simples: é uma fraude. Não são extraterrestres, não são uma nova espécie", disse em coletiva de imprensa o arqueólogo Flavio Estrada, do Instituto de Medicina Legal e Ciências Forenses do Peru, nesta sexta-feira (12). […]

today13 de janeiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%