G1 Mundo

Armador Yago sofreu racismo na Espanha depois de Vini Jr. em fevereiro: ‘O mais angustiante é que você não sabe o que vai acontecer’

today23 de maio de 2023 9

Fundo
share close

Jogador da Seleção Brasileira atua no país e também ouviu gritos de “mono” vindos da arquibancada em uma partida na Catalunha.




Armador Yago sofreu racismo na Espanha depois de Vini Jr. em fevereiro: ‘O mais angustiante é que você não sabe o que vai acontecer’

Armador Yago sofreu racismo na Espanha depois de Vini Jr. em fevereiro: ‘O mais angustiante é que você não sabe o que vai acontecer’

O mais angustiante é que você não sabe o que vai acontecer”, explica o armador da seleção de basquete, jovem talento brasileiro que saiu do país em 2022.

Yago Mateus ouviu gritos de “mono” vindos de uma torcedora espanhola na Catalunha em fevereiro — Foto: Reprodução/GloboNews

“Com você, lógico, é a minha profissão e eu tenho que acordar no outro dia e ir treinar, tenho que jogar no mesmo local que isso aconteceu, se for possível. Mas você não sabe o que vai acontecer com a pessoa que fez isso. Porque isso é um crime, e se você comete um crime, você tem que arcar com as consequências independentemente de quais sejam”, pede o atleta.

No início de fevereiro deste ano – ou seja, poucos dias depois depois que um boneco com a camisa de Vini Jr. foi pendurado pelo pescoço em uma ponte de Madri – Yago, que atua no Ratiopharm Ulm, enfrentava o Joventut Badalona, em Badalona (região na província de Barcelona), quando ouviu gritos de “mono” (macaco, em espanhol) vindos de uma mulher na arquibancada. E na ocasião, nada foi feito para punir a torcedora.

Confesso que isso me fez relembrar os dias que eu passei, a tristeza que eu senti e a dor no coração que eu sei que ele deve estar sentindo muito. Eu imagino o que ele deve estar sentindo, e o que a gente sente é bem difícil de lidar”, admite Yago, contando qual era o sentimento de impotência que sentiu e que todos que sofrem racismo sentem ao ouvir ofensas.

“O que aconteceu comigo, o que acontece não só com o Vinicius Júnior, mas com muitas pessoas ao redor do mundo e que não aparecem, é que é uma coisa que você não sabe como lidar na hora e depois, e quanto mais você vê, mais raiva sente. E não sei se é essa a palavra certa, mas foi o que eu realmente senti nos dias após o ocorrido. Então é uma coisa muito triste”, lamenta.

Veja mais sobre o caso Vini Jr.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

objeto-nao-identificado-que-caiu-‘fervendo’-do-ceu-e-entregue-a-policia-civil-e-vai-passar-por-pericia;-video

G1 Santos

Objeto não identificado que caiu ‘fervendo’ do céu é entregue à Polícia Civil e vai passar por perícia; VÍDEO

A entrega aconteceu nesta tarde, por volta das 15h, na delegacia localizada na Ponta da Praia. O objeto foi levado à polícia por Marcela Vicente, dona do carro atingido e esposa do bancário Marcel de Camargo, que divulgou o caso inicialmente. Ela estava acompanhada do advogado Marcos Taguchi. Ao g1, o delegado explicou que a Polícia Científica poderá identificar a origem do objeto e, caso seja comprovada uma suposta 'origem […]

today23 de maio de 2023 32

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%