G1 Santos

Assalto em trilha de praia pode dar novo rumo à investigação de carioca desaparecido no litoral de SP; entenda

today26 de março de 2024 9

Fundo
share close

Um homem com as mesmas características do carioca que desapareu em Guarujá, no litoral de São Paulo, foi assaltado em uma trilha na região. Conforme apurado pelo g1, a vítima chegou a ser baleada pelos bandidos. A família de Bruno Rodrigues Magalhães, de 34 anos, procura respostas sobre o caso. A Polícia Civil não confirmou uma se há uma uma relação entre os casos.

Um homem com características semelhantes a de Bruno foi citado por uma jovem, de 25 anos, que esteve na delegacia para registrar um assalto no último dia 16.

De acordo com o relato no boletim de ocorrência (BO), ela disse ter sido roubada à mão armada por quatro criminosos na tarde do dia 15, e que viu um homem careca, branco e alto também ser assaltado.



No BO consta, segundo o relato da mulher, que a quadrilha pediu a corrente de ouro e uma pulseira dele, mas o homem reagiu ao assalto e foi baleado na coxa esquerda.

Ao g1, o irmão de Bruno revelou que as características citadas pela mulher batem com o desaparecido. “É muita coincidência a corrente, a característica física e a parte do cabelo, que estava raspado”, disse Marcelo.

De acordo com ele, o Corpo de Bombeiros encerrou as buscas por Bruno na sexta-feira (22) e, por isso, a família contratou uma empresa de drone para seguir procurando o homem. Marcelo, inclusive, está na cidade par acompanhar pessoalmente as buscas e relatou que cobrará investigação sobre o assalto.

Carioca Bruno Rodrigues Magalhães, de 34 anos, desapareceu durante camping na Praia do Góes, em Guarujá (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que o desaparecimento é investigado pela equipe da unidade da 3ª Delegacia de Homicídios da Deic, do Deinter-6, que prossegue com as diligências para a localização do homem.

Ainda segundo a pasta, outros detalhes são preservados para garantir a autonomia do trabalho policial. A Polícia Civil não confirmou uma se há uma uma relação entre os casos.

Ainda de acordo com o BO, obtido pelo g1, a jovem mora em São Paulo e tinha chegado à Baixada Santista no dia do crime. Ela passou a manhã e a tarde na Praia do Sangava, em Guarujá, mas foi abordada pelos criminosos quando voltava por uma trilha em direção à Praia do Góes.

Ela contou que os bandidos levaram o celular, bem como os cartões bancários com senhas, R$ 60 em espécie e até o vale-refeição. Antes de partirem para a próxima vítima, consta no BO, eles teriam vasculhado o conteúdo do aparelho dela e feito transferências de R$ 900.

Em seguida, os criminosos atravessaram de barco para Santos junto com a mulher, onde a obrigaram a pegar um ônibus intermunicipal com eles. Em determinado ponto da Avenida Padre Manoel da Nóbrega, no bairro Itararé, em São Vicente, os homens ordenaram que a vítima descesse do veículo e seguiram viagem. A mulher registrou o caso na Delegacia Sede da cidade onde foi deixada.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

governo-venezuelano-chama-de-“intervencionista”-manifestacao-brasileira-de-preocupacao-sobre-eleicoes-no-pais

G1 Mundo

Governo venezuelano chama de “intervencionista” manifestação brasileira de preocupação sobre eleições no país

Governo venezuelano chama de "intervencionista" manifestação brasileira de preocupação sobre eleições no país "[O Brasil] observa que a candidata indicada pela Plataforma Unitaria, força política de oposição, e sobre a qual não pairavam decisões judiciais, foi impedida de registrar-se, o que não é compatível com os acordos de Barbados. O impedimento não foi, até o momento, objeto de qualquer explicação oficial", diz trecho do comunicado do Itamaraty. Opositores na Venezuela […]

today26 de março de 2024 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%