G1 Mundo

Assembleia Geral da ONU aprova resolução que pede cessar-fogo e envio de ajuda à Faixa de Gaza

today12 de dezembro de 2023 5

Fundo
share close

Dos 193 integrantes do grupo, 153 votaram a favor do texto (incluindo o Brasil), 10 votaram contra (incluindo os EUA e Israel) e 23 países se abstiveram. Os norte-americanos não tem direito de veto na Assembleia Geral.

As resoluções da Assembleia Geral não são vinculativas, mas têm peso político, refletindo uma visão global sobre a guerra.

O enviado palestino na ONU, Riyad Mansour, mencionando protestos pró-Palestina em todo o mundo, disse que os EUA não poderiam continuar “ignorando este enorme poder”. Ele descreveu a votação na Assembleia Geral como o ápice do sentimento público.



“É nosso dever coletivo seguir neste caminho até vermos o fim desta agressão contra o nosso povo, vermos esta guerra contra o nosso povo parar. É nosso dever salvar vidas”, disse ele .

A Embaixadora dos EUA na ONU, Linda Thomas-Greenfield, disse à Assembleia Geral antes da votação que havia aspectos da resolução que os EUA apoiavam, como a necessidade de resolver urgentemente a terrível situação humanitária em Gaza, proteger os civis e libertar reféns.

Mas ela acrescentou: “Qualquer cessar-fogo neste momento seria temporário, na melhor das hipóteses, e perigoso, na pior das hipóteses – perigoso para os israelenses, que estariam sujeitos a ataques implacáveis, e também perigoso para os palestinos, que merecem a chance de construir um futuro melhor para si próprios livres do Hamas”.

Antes da votação na ONU, o presidente dos EUA, Joe Biden, disse em um evento de arrecadação de fundos para sua campanha de reeleição de 2024 que Israel estava perdendo apoio internacional por causa dos “bombardeios indiscriminados”.

A resolução da Assembleia Geral também exige a libertação imediata e incondicional de todos os reféns mantidos pelo Hamas e pede que as partes em conflito cumpram o direito internacional, especificamente no que diz respeito à proteção de civis.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

em-meio-a-crise-na-regiao,-senado-aprova-novas-embaixadoras-para-venezuela-e-guiana

G1 Mundo

Em meio a crise na região, Senado aprova novas embaixadoras para Venezuela e Guiana

Glivânia Maria de Oliveira e Maria Cristina de Castro Martins assumirão as chefias das missões diplomáticas em Caracas e Georgetown, respectivamente. Elas passaram por sabatina na Comissão de Relações Exteriores do Senado na manhã desta terça-feira. Gilvânia Maria de Oliveira, indicada para atuar como embaixadora na Venezuela, durante sabatina no Senado Federal. — Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado Glivânia disse ver a situação com preocupação, mas que vai procurar ajudar na […]

today12 de dezembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%