G1 Mundo

Ataque aéreo deixa 22 mortos em Omdurman, no Sudão, diz Ministério da Saúde

today8 de julho de 2023 5

Fundo
share close

Guerra entre as facções militares do país entra em sua 12ª semana.


Pelo menos 22 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas em um ataque aéreo do exército do Sudão a Omdurman, disse o Ministério da Saúde do Estado de Cartum neste sábado, conforme a guerra entre as facções militares do país entra em sua 12ª semana.



Enquanto as Forças de Apoio Rápido (RSF), grupo paramilitar, rapidamente dominaram a capital Cartum e suas cidades irmãs Omdurman e Bahri após o início dos combates em 15 de abril, o exército lançou ataques aéreos e de artilharia.

A luta, para a qual nenhum esforço de mediação foi bem-sucedido até agora, ameaça arrastar o país para uma guerra civil mais ampla, atraindo outros atores internos e externos na nação do leste africano que fica entre o Chifre da África, o Sahel e o Mar Vermelho.

As tensões entre os dois lados cresceram nos meses que antecederam a guerra devido à cadeia de comando e integração de suas forças sob uma nova transição para a democracia.

Pelo menos 1.133 pessoas foram mortas nos combates, de acordo com o Ministério da Saúde, que ocorreram na capital e nas regiões de Kordofan e Darfur, provocando violência étnica no estado de Darfur Ocidental.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-autoriza-desmanche-de-navio-de-expedicoes-a-antartica-no-porto-de-santos-para-evitar-riscos-ambientais

G1 Santos

Justiça autoriza desmanche de navio de expedições à Antártica no Porto de Santos para evitar riscos ambientais

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) autoriza a Autoridade Portuária de Santos (APS) a remover o navio Prof. W. Besnard, conhecido por inúmeras viagens à Antártica, do Porto de Santos, no litoral de São Paulo, mesmo que para isso tenha que ser desmanchado. A decisão acata um pedido da própria APS para cumprir uma ação determinada à Prefeitura de Ilhabela, que é responsável pela embarcação, mas […]

today8 de julho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%