G1 Mundo

Ataque aéreo deixa ao menos 40 mortos em mercado no Sudão

today11 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

Um ataque aéreo em um mercado em Cartum, capital do Sudão, deixou ao menos 40 mortos, informou um pronto-socorro voluntário neste domingo (10). Além disso, dezenas de pessoas ficaram feridas. Este é o maior número de vítimas civis em um único ataque desde o começo da guerra civil no país, que começou em abril.

Os feridos não param de chegar ao hospital mais próximo, Bachair, que fez um “apelo urgente” a todos os médicos da região.

Já dura quase cinco meses o conflito no Sudão, que começou no dia 15 de abril. Os confrontos já deixaram pelo menos 4 mil mortos e forçaram mais de 4 milhões de pessoas a fugirem de casa – sendo mais de um milhão para países vizinhos.



Especialistas acreditam que o número de vítimas pode ser ainda maior, com muitas mortes não contabilizadas oficialmente e acusações de tentativa de genocídio na região do Darfur, no oeste do país.

Os confrontos entre paramilitares e forças do governo eclodiram nas ruas da capital, Cartum, em 16 de abril e se estenderam por outras regiões do país africano.

Homens sudaneses, que fugiram do conflito em Murnei, na região sudanesa de Darfur, caminham ao cruzar a fronteira entre o Sudão e o Chade em Adre, em 4 de agosto de 2023. — Foto: Reuters

Os combates começaram após meses de tensões entre dois líderes militares rivais. As Forças Armadas do Sudão, sob o comando do general Abdel Fatah al-Burhan, e unidades paramilitares das Forças de Apoio Rápido (FAR), chefiadas pelo vice-presidente do Conselho Soberano, Mohamed Hamdan Dagalo, conhecido como Hemedti, trocaram acusações de provocar o conflito.

O general Abdel Fatah al-Burhan é de fato o líder do país africano. Ele se tornou um nome conhecido em 2019, depois que o Exército derrubou o autocrata de longa data Omar al-Bashir, após meses de protestos em massa.

E Mohamed Hamdan Dagalo, conhecido como Hemedti, desfruta de forte posição desde que Bashir havia assumido o poder. Vindo de uma família de pastores de camelos distante da capital, ele subiu na hierarquia para se tornar líder da notória milícia Yanyawid, que deu origem às FAR e é acusada de cometer crimes contra a humanidade durante o conflito de Darfur.

Nuvens de fumaça preta tomam os céus de Cartum do Norte, no Sudão, em 1 de maio de 2023 — Foto: Mohamed Nureldin Abdallah/REUTERS




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

antony-e-manchester-united-fazem-acordo-para-jogador-ficar-afastado-ate-que-acusacoes-de-agressao-sejam-esclarecidas

G1 Mundo

Antony e Manchester United fazem acordo para jogador ficar afastado até que acusações de agressão sejam esclarecidas

Antony deveria voltar aos treinos na segunda-feira (11). Ele recebeu uma licença do time para disputar dois jogos pela seleção brasileira, mas a comissão o deixou de fora depois que as acusações foram tornadas públicas. Na quarta-feira (6), o Manchester United já tinha afirmao, em um comunicado, que leva "muito a sério" as acusações feitas contra o jogador brasileiro Antony, acusado de agressão e intimidação por sua ex-namorada. "O Manchester […]

today11 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%