G1 Mundo

Ataque da Ucrânia mata mais de 60 soldados russos, admite Moscou

today2 de janeiro de 2023 35

Fundo
share close

De acordo com o Ministério da Defesa em Moscou, 63 soldados foram mortos durante um ataque das forças da Ucrânia, que teria sido realizado com seis mísseis Himars, dois dos quais foram interceptados, conforme fontes russas.

O Ministério da Defesa ucraniano falou, entretanto, em até 400 soldados russos mortos no ataque, realizado contra o prédio na cidade de Makiivka, localizada na região de Donetsk.

Anteriormente, a administração na parte controlada pela Rússia em Donetsk havia falado em menos de 100 soldados mortos.



Trata-se de um dos bombardeios mais letais contra alvo militar desde o início da guerra na Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022.

Como os drones se tornaram armas fundamentais na Guerra da Ucrânia

Como os drones se tornaram armas fundamentais na Guerra da Ucrânia

Também nesta segunda-feira, a Ucrânia disse que abateu todos os drones russos lançados na última madrugada, em uma terceira noite consecutiva de ataques aéreos contra alvos civis ucranianos.

“As Forças de Defesa da Ucrânia destruíram um total de 39 drones que as forças russas lançaram contra a Ucrânia, juntamente com 2 UAVs (aeronaves não tripuladas) de reconhecimento do tipo Orlan-10 e um míssil guiado lançado do ar do tipo Kh-59, na noite de 1 a 2 de janeiro de 2023″, informou o comando da Força Aérea ucraniana.

Já o prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, uma das cidades afetadas pelos mais recentes bombardeios, confirmou que “os ocupantes russos lançaram um ataque em grande escala com ‘drones kamikaze’ do tipo Shahed-131/136 de fabricação iraniana”.

Embora o Exército ucraniano tenha informado o número de drones e mísseis interceptados no país, não se sabe o número total de dispositivos lançados pela Rússia nas últimas horas. Foi confirmado que alguns conseguiram atingir instalações elétricas e edifícios civis.

Unidades de mísseis antiaéreos, aeronaves de combate e grupos móveis de artilharia participaram da defesa ucraniana durante a madrugada, que conseguiu repelir o ataque, segundo fontes militares citadas por agências ucranianas.

No ataque aéreo contra Kiev, ao menos uma pessoa ficou ferida, segundo a Administração Militar da capital ucraniana, que, em seu perfil no Telegram, publicou várias fotos dos danos causados na cidade pelos artefatos.

O homem ferido é um jovem de 19 anos que morava em um prédio que foi danificado por um projétil. “Vinte e dois alvos aéreos foram abatidos sobre a capital durante o alerta de ataque aéreo”, acrescentou a Administração Militar de Kiev.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

presidente-de-portugal-diz-que-brasil-‘faz-muita-falta’-no-cenario-internacional

G1 Mundo

Presidente de Portugal diz que Brasil ‘faz muita falta’ no cenário internacional

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, declarou nesta segunda-feira (2) que o Brasil "faz muita falta" no cenário internacional e que espera "muita coisa nova" no relacionamento entre os dois países no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Rebelo deu a declaração antes de se reunir com Lula no Palácio Itamaraty, em Brasília, onde o petista recebeu líderes estrangeiros nesta segunda, um dia depois de assumir […]

today2 de janeiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%