G1 Mundo

Ataque terrorista deixa 9 mortos em restaurante na Somália

today10 de junho de 2023 8

Fundo
share close

Nove pessoas foram mortas em um ataque terrorista a um restaurante sofisticado na capital da Somália, Mogadíscio, na noite de sexta-feira (9), informou a polícia.

O grupo islâmico Al Shabaab, que é ligado à Al Qaeda, disse estar por atrás dos ataques.

Os mortos no restaurante foram seis civis e três soldados. Além disso, Abdikadir Abdirahman, diretor do serviço de ambulâncias Aamin, disse que seu grupo havia retirado 20 feridos do local.



As forças de segurança resgataram 84 civis. Os agressores não foram presos.

“Os Mujahideen conseguiram entrar na praia de Pearl e ainda estão totalmente no controle”, disse o grupo em um comunicado.

A Agência Nacional de Notícias da Somália disse no Twitter que “as forças de segurança neutralizaram com sucesso os militantes do Al Shabaab responsáveis pelo ataque terrorista ao Pearl Beach Hotel em Lido Beach, Mogadíscio”.

No sábado, destroços do restaurante estavam espalhados pela rua, que estava manchada de sangue. As vidraças foram quebradas.

Hussein Mohamed, garçom de um outro restaurante próximo, disse que ouviu uma explosão seguida de tiros quando o ataque começou.

“Toda a área está isolada pelas forças de segurança”, disse ele.

Em novembro, o grupo, que controla partes do país, atacou outro hotel em Mogadíscio, matando nove pessoas.

O Al Shabaab controlava uma vasta área da Somália antes de ser reprimido em contra-ofensivas do governo desde o ano passado. No entanto, os militantes continuam lançando ataques contra alvos governamentais, comerciais e militares.

No final de maio, seus combatentes atacaram uma base que abrigava tropas de paz de Uganda 130 km a sudoeste de Mogadíscio, matando 54 soldados.

Crianças desaparecidas na Colômbia: veja cronologia

Crianças desaparecidas na Colômbia: veja cronologia




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘dr.-deep’-ressurge-apos-recorde-de-100-dias-vivendo-debaixo-d’agua

G1 Mundo

‘Dr. Deep’ ressurge após recorde de 100 dias vivendo debaixo d’água

Joseph Dituri bateu o recorde de maior tempo vivendo debaixo d'água sem despressurização, ou seja, sem o processo de diminuir a pressão do ar dentro do espaço, durante 100 dias. Ele ficou submerso no Jules' Undersea Lodge, um hotel subaquático, em Key Largo, a 9,14 metros de profundidade. Dr. Joseph Dituri bateu recorde ao ficar 100 dias em um alojamento subaquático na Flórida, nos Estados Unidos. — Foto: Mariano Lorde/Florida […]

today10 de junho de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%