G1 Mundo

Ataques a tiros contra subestações deixam cerca de 40 mil pessoas sem energia na Carolina do Norte

today4 de dezembro de 2022 8

Fundo
share close

Duas subestações de energia da Carolina do Norte foram atacadas a tiros na noite deste sábado (3), em uma ação que o fornecimento de eletricidade para cerca de 40 mil pessoas, informaram autoridades locais. O incidente está sendo investigado como criminoso, e os reparos podem levar dias.

Em resposta às interrupções contínuas, que começaram logo após as 19h (horário local) no condado de Moore, foi decretado estado de emergência que incluía toque de recolher das 21h deste domingo (4) às 5h desta segunda-feira (5). Além disso, as escolas do condado ficarão fechadas.

“Um ataque a uma infraestrutura com essa é um crime grave e intencional, e espero que as autoridades estaduais e federais investiguem minuciosamente e levem os responsáveis à Justiça”, escreveu o governador Roy Cooper no Twitter.



O xerife do condado de Moore, Ronnie Fields, disse em entrevista coletiva neste domingo que, até a última atualização desta reportagem, as autoridades não haviam descoberto a motivação para o ataque. Fields disse que alguém parou e “abriu fogo na subestação, [fazendo] a mesma coisa em uma outra”.

De acordo com ele, nenhum grupo se apresentou como responsável pela ação.

O xerife afirmou que o FBI passou a trabalhar com investigadores da polícia estadual para identificar o responsável ou os responsáveis pelo ataque. “Não foi aleatório”, declarou.

O condado de aproximadamente 100 mil habitantes é conhecido pelos resorts de golfe em Pinehurst e em outras comunidades.

Mais de 41 mil pessoas no condado ficaram sem energia na tarde de domingo, de acordo com o site poweroutage.us, que monitora o abastecimento nos Estados Unidos.

Com temperaturas baixas previstas para a noite de domingo, o condado também abriu um abrigo em um complexo esportivo em Cartago.

O porta-voz da Duke Energy, Jeff Brooks, disse que diversos equipamentos foram danificados e terão de ser substituídos. Ele afirmou que, enquanto a empresa está tentando restabelecer a energia o mais rápido possível, os moradores da área foram alertados sobre o risco de interrupções que podem durar dias.

“Queremos para um reparo bastante sofisticado com alguns equipamentos bastante grandes e, portanto, queremos que os cidadãos da cidade estejam preparados para que seja um trabalho de vários dias para a maioria dos clientes, estendendo-se potencialmente até quinta-feira”, explicou Brooks em entrevista coletiva.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

indonesia-tira-2-mil-pessoas-de-casa-apos-erupcao-de-vulcao

G1 Mundo

Indonésia tira 2 mil pessoas de casa após erupção de vulcão

Autoridades da Indonésia elevaram neste domingo (4) para o nível mais alto o alerta de risco para a região em torno do vulcão Semeru, no sudeste da ilha de Java. A medida foi atribuída ao "aumento da atividade vulcânica" após uma erupção pela manhã, que fez com que quase 2 mil pessoas tivessem que deixar suas casas. "O risco de nuvens de vapor de gás e água e de fluxos […]

today4 de dezembro de 2022 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%