G1 Mundo

Ativistas em defesa dos direitos dos animais interrompem missa papal

today25 de janeiro de 2024 10

Fundo
share close

Duas mulheres gritaram e levantaram cartazes contra touradas.




Ativistas em defesa dos animais interrompem missa papal

Ativistas em defesa dos animais interrompem missa papal

Duas mulheres de um grupo de ativistas dos direitos dos animais interromperam uma missa na qual o papa Francisco estava, em Roma, na Itália, nesta quinta-feira (25).

As duas mulheres gritaram no meio do evento e seguraram cartazes contra touradas.

Agentes de segurança entraram em ação e retiraram as duas do local.

Em vídeos e fotos é possível ver as mulheres no fundo da nave central da Basílica de São Paulo Extramuros, onde o papa e outros líderes cristãos participavam de um missa tradicional.

Uma das mulheres segurava um cartaz que dizia “Pare de Abençoar Touradas” e vestia uma camiseta com o mesmo slogan em italiano.

Não está claro se o papa ouviu as mulheres. Ele prosseguiu com sua homília.

Testemunhas disseram que as mulheres eram da filial italiana da organização Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA).

Membros do mesmo grupo se reuniram perto do Vaticano em julho passado para pedir ao papa que denunciasse as touradas, que não existem na Itália.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-condenado-a-morte-por-asfixia-por-nitrogenio-perde-recursos-na-justica,-e-alabama-se-prepara-para-a-execucao

G1 Mundo

Homem condenado à morte por asfixia por nitrogênio perde recursos na Justiça, e Alabama se prepara para a execução

O estado do Alabama, nos Estados Unidos, deverá executar na noite desta quinta-feira (25) um prisioneiro com o método de asfixia com gás nitrogênio. É uma forma mais simples de execução do que a injeção letal, mas ainda não testado, por isso tem causado controvérsia. O homem a ser executado é Kenneth Smith, que foi condenado por um homicídio de 1988. Os advogados dele fizeram duas últimas tentativas para adiar […]

today25 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%