G1 Mundo

Australiana sobrevive 5 dias perdida na floresta só com doces e vinho

today8 de maio de 2023 9

Fundo
share close

Lilian Ip iria fazer uma viagem curta na qual precisava passar pela floresta no Estado de Victoria. Mas ela acabou fazendo uma curva errada e seu carro ficou preso na lama.

Lilian não bebe, mas tinha uma garrafa de vinho no carro porque pretendia dar de presente.

Depois de cinco noites na floresta, ela foi descoberta pelos serviços de emergência na sexta-feira, quando sobrevoavam o local como parte de uma busca.



“A primeira coisa que me veio à mente foi que precisava de água e de um cigarro”, disse Lilian ao canal 9News Australia. “Graças a Deus a policial tinha um cigarro.”

“Achei que ia morrer ali. Todo o meu corpo parou na sexta-feira”, disse ela, acrescentando que “estava prestes a desistir”.

Como ela perdeu a esperança de ser encontrada com vida, ela escreveu uma carta para sua família dizendo que os amava.

Lilian foi encontrada a cerca de 60 km de distância da cidade mais próxima. Mas devido a problemas de saúde, ela não conseguia andar muito, então ficou no carro, disse a polícia de Victoria.

Ela só tinha alguns salgadinhos e doces para comer, e nenhuma água.

“O único líquido que Lillian tinha com ela era uma garrafa de vinho que ela comprou de presente para sua mãe”, disse o sargento Martin Torpey, da delegacia de polícia de Wodonga.

“Ela teve muito bom senso ao ficar no carro e não vagar pelo mato, o que ajudou a polícia a encontrá-la.”

Lilian foi levada ao hospital para tratamento de desidratação e depois voltou para sua casa em Melbourne.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cardiologista-em-berlim-e-preso-por-suspeita-de-dois-assassinatos-na-uti

G1 Mundo

Cardiologista em Berlim é preso por suspeita de dois assassinatos na UTI

Especialista do hospital Charité é acusado de administrar, intencionalmente, altas doses de sedativo que provocaram a morte de pelo menos dois pacientes de UTI. Suspeito tem 55 anos e havia sido afastado do hospital Charité em 2022 — Foto: Annette Riedl/dpa/picture alliance/Via DW A polícia alemã prendeu nesta segunda-feira (8) um cardiologista que atuava no renomado hospital universitário Charité, em Berlim, por suspeita de assassinato. Em comunicado, fontes policiais e […]

today8 de maio de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%