G1 Santos

Avô é preso por ser suspeito de estuprar várias vezes a neta de nove anos no litoral de SP

today16 de maio de 2023 2

Fundo
share close

Um homem de 61 anos foi preso suspeito de estuprar várias vezes a neta de nove anos, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Além da menor, outras cinco mulheres da mesma família sofreram abuso sexual do criminoso. Ele foi encontrado, na tarde de segunda-feira (16), em uma residência, no bairro Jardim Guaramar.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações começaram em março, após a mãe da menor comparecer na unidade policial. Ela relatou que a ex-cunhada dela reparou uma mudança de comportamentos da criança. A mulher comentou que a menina poderia estar sofrendo algum tipo de abuso.

A ex-cunhada ainda explicou que ela e outras pessoas da família já tinham sido vítimas do homem, quando eram menores. Com esse alerta, a mãe da menina questionou a filha, que relatou diversas situações que havia vivenciado com o suspeito.



“Ela (criança) começou a chorar bastante e acabou narrando para a mae algumas situações de abuso que ela havia vivenciado”, disse a delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, Lyvia Cristina Bonella, à TV Tribuna, afiliada da Globo.

Delegada titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, Lyvia Cristina Bonella — Foto: Brenda Bento/g1

Diante das confirmações, a mãe da menor fez a denúncia e fez um boletim de ocorrência. A policia disse ainda que, após o registro, cinco mulheres foram ouvidas. Elas informaram que também foram abusadas sexualmente pelo homem, quando crianças.

Com base nos indícios relatados, as autoridades policiais representaram um mandado de prisão temporária, que foi confirmada pelo Poder Judiciário. O homem foi encontrado em uma casa no bairro Guaramar e encaminhado para a Delegacia da Mulher de Praia Grande.

Ele foi conduzido ao sistema penitenciário e deverá ficar preso inicialmente por 30 dias, sendo possível prorrogar por mais 30. A polícia disse que as investigações continuam para apurar se outras mulheres foram vítimas do homem. “Pode ser que outras pessoas da família, que saibam que ele foi preso hoje, nos procurem para dar o seu relato, seu depoimento”, disse a delegada.

Delegacia de Defesa da Mulher em Praia Grande, SP — Foto: Divulgação/Governo de SP

Vídeos: g1 em 1 minutos Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

russia-lanca-misseis-hipersonicos-contra-ucrania

G1 Mundo

Rússia lança mísseis hipersônicos contra Ucrânia

Segundo confirmaram os dois lados, o míssil utilizado na tentativa de ataque foi o Kinzhal, uma das seis armas da nova geração militar russa apresentada pelo presidente Vladimir Putin em 2018 e capaz de viajar até seis vezes a velocidade do som. Na ocasião, Putin afirmou que o artefato não podia ser derrubado por nenhum sistema no mundo. Mas o governo ucraniano alegou que seis Kinzhal foram interceptados e destruídos […]

today16 de maio de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%