G1 Santos

Bailarino autista que viveu na rua e em lixão com a mãe conquista prêmios em SP e vaga para festival na Alemanha

today4 de outubro de 2022 38

Fundo
share close

Amauri Lopes, de 16 anos, sonha em dançar em Berlim. Porém, a viagem custa cerca de R$ 15 mil e a mãe do adolescente lamenta não ter condições financeiras.

Bailarino de Praia Grande venceu o preconceito e a depressão através da arte e hoje sonha em dançar na Alemanha — Foto: Arquivo pessoal



Aos 16 anos, o bailarino Amauri Lopes, de Praia Grande, no litoral de São Paulo, conquistou uma vaga para dançar no Festival Tanzolymp 2023, em Berlim, na Alemanha. O jovem, que é autista e chegou a morar na rua com a mãe, viu a vida da família mudar após descobrir a dança. A vaga para o festival foi uma grande conquista para o bailarino, mas para ele a viagem ainda é sonho impossível devido às condições financeiras da família.

A mãe do jovem, Eliana Souza, conta que ela e o filho foram despejados do barraco onde viviam quando o menino tinha cinco anos. Na época, o dono do terreno vendeu o local. Sem ter para onde ir, ela e o filho foram morar em um aterro sanitário, onde permaneceram por seis anos. Depois, ela conta que conseguiu construir um ‘barraquinho’ dentro de um lixão em Praia Grande.

“Não tinha condições de pagar um aluguel. Eu tinha um carrinho grande [carroça de material reciclado] e montei um lugar para colocar o Amauri dentro e fui morar no lixão. Os usuários [de drogas] sempre me respeitaram e me deram a ideia de construir um barraco e um quartinho”, lembrou.

Amauri Lopes mora em Praia Grande e foi selecionado para dançar em um festival na Alemanha — Foto: Arquivo pessoal

Quando o garoto completou 10 anos, foi morar com a mãe em um conjunto habitacional. Nesta mesma época, um professor da escola onde ele estudava percebeu o talento que o menino tinha para a arte e sugeriu para Eliana que matriculasse o filho nas aulas de teatro no Complexo Cultural Palácio das Artes, administrado pela Prefeitura de Praia Grande.

Por conta do desenvolvimento do filho, que, segundo Eliana, não falava e vivia deprimido, ela procurou ajuda médica. Ela recebeu a notícia do diagnóstico. Amauri tem Transtorno do Espectro Autista (TEA). ‘Ele era muito depressivo, não queria sair de casa e a arte ajudou na socialização’, disse.

Amauri começou a fazer teatro aos 10 anos de idade, e há cerca de três anos iniciou a dança. Hoje em dia, ele faz balé e jazz contemporâneo. E foi justamente nesta área que ele começou a se destacar e a ser premiado, vencendo também o preconceito.

Bailarino viveu na rua em Praia Grande e hoje sonha em dançar em festival em Berlim, na Alemanha — Foto: Arquivo pessoal

“Muito preconceito e muito sofrimento. Sofro até hoje. Não tenho condições de ir ao mercado fazer uma compra. O remédio dele custa R$ 400 e pouco. Quando ele vai para as seletivas e para os campeonatos, ele não usa o laudo médico, ele vai pelo mérito dele. Ele treina todos os dias até às 22h”, afirma Eliana.

Segundo a mãe, na última seletiva de bailarinos, ele se destacou como o melhor na presença de palco e conquistou uma vaga para dançar no Festival Tanzolymp 2023, que acontecerá em fevereiro, em Berlim, na Alemanha. O valor da viagem ficará em média R$ 15 mil.

Eliana começou a pedir ajuda para os amigos e começou a juntar dinheiro para conseguir arrecadar o valor em até três meses. Segundo ela, até o momento, conseguiu apenas cerca de R$ 70, e não foi possível ajuda pública ou um patrocinador.

“É um sonho. Ele chegou em casa chorando, falando: ‘é mãe, mais um sonho que vai ser jogado por água abaixo porque não temos condições’. A única coisa que tenho é uma televisão, mas está com defeito. Eu queria vender para ajudar a tirar o passaporte dele”, finaliza.

Amauri Lopes dança há 3 anos em Praia Grande e já ganhou diversos premiações — Foto: Arquivo pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

bertioga-inicia-periodo-de-rematriculas-nas-escolas-municipais-a-partir-da-proxima-segunda-feira

G1 Santos

Bertioga inicia período de rematrículas nas escolas municipais a partir da próxima segunda-feira

Reinserção na rede municipal pode ser feita até o próximo dia 28 de outubro. Bertioga, SP, inicia rematrículas nas escolas municipais na próxima segunda-feira (10) — Foto: Prefeitura de Bertioga/Divulgação A Prefeitura de Bertioga, no litoral de São Paulo, anunciou a abertura de vagas para rematrículas na rede municipal de ensino a partir da próxima segunda-feira (10). Segundo o município, o processo vai garantir o direto do aluno de estudar […]

today3 de outubro de 2022 57

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%