G1 Santos

Baixada em Pauta #129: Vavá conta sobre o começo da carreira, a vida na estrada e a saída do Karametade

today6 de maio de 2023 8

Fundo
share close

Se você tem mais de 30 anos com toda a certeza ouviu falar do grupo de pagode Karametade. Pode até não ser fã do gênero musical, mas é quase impossível dizer não ter escutado os sucessos que tomaram conta das rádios, programas de de televisão e, por óbvio, ‘invadiram’ as casas, automóveis, clubes, casas noturnas (atuais baladas). Até mesmo quem não viveu o final dos anos 90 e começo dos anos 2000 já dever ter ouvido a mais famosa música deles: Morango do Nordeste.

Quem deu voz a essa e tantas outras canções do grupo se chama Wagner Duarte, o Vavá, que está com 49 anos, e relembrou dos tempos em que viveu o auge na carreira, quando tinha pouco mais de 20 anos. Ele falou sobre o começo da carreira, das dificuldades e do momento em que assinou contrato com uma grande gravadora.

“A gente vivia dentro do ônibus cara. Era um cárcere privado mesmo. E empresário em cima de ti, te apertando, com programa de televisão que não parava nunca, e sinto falta disso, que não existe mais. A internet tirou esse poder da gente”, disse Vavá.



Vavá lembrou que começou como o Wagner que tocava cavaco — Foto: Reprodução/Instagram

O músico também contou sobre o momento em que deixou o Karametade, em 2000, quando o grupo vivia o momento mais importante, com mais de 1,5 milhão de cópias de discos vendidos. Na ocasião, seguiu carreira solo, momento em que aceitou convites para participar de novela e até filme.

Você confere esse bate-papo no podcast ou videocast do Baixada em Pauta. O acesso pode ser feito nesta matéria, na home do g1 Santos, nos aplicativos de áudios favoritos ou pelo Facebook. É só curtir e nos seguir!

Vavá foi o convidado do podcast Baixada em Pauta — Foto: Marcelo Junqueira/TV Tribuna

Vavá canta 'Morango Do Nordeste'

Vavá canta ‘Morango Do Nordeste’

Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça.

Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia…

Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça – e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cinco-linhas-intermunicipais-de-onibus-tem-acrescimo-de-viagens-e-reforco-na-frota-na-baixada-santista,-sp

G1 Santos

Cinco linhas intermunicipais de ônibus têm acréscimo de viagens e reforço na frota na Baixada Santista, SP

Alterações entraram em vigor nesta sexta-feira (5). Segundo a EMTU, medidas vão beneficiar diariamente cerca de 26 mil passageiros de cinco municípios. Ônibus intermunicipais da Baixada Santista — Foto: Luiz Linna/TV Tribuna Passageiros metropolitanos da Baixada Santista terão mais 37 viagens e reforço na frota em linhas gerenciadas pela EMTU Cinco linhas intermunicipais que atendem as cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, tiveram acréscimo de viagens e […]

today6 de maio de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%