Gospel Prime

Batistas do Sul decidem investigar abusos sexuais de pastores

today15 de junho de 2022 1

Fundo
share close

Em uma decisão histórica, a Convenção Batista do Sul, nos Estados Unidos, decidiu criar em 14 de junho, durante sua Reunião Anual, uma Força-Tarefa de Abuso Sexual, para investigar as acusações de abusos sexuais cometidos por pastores.

O presidente da Força-Tarefa será o pastor Bruce Frank, que classificou o “momento Kairos” para a Convenção. Ele disse antes da decisão final que os pastores estavam entre “arrependimento genuíno ou ser continuamente passivos”.

“Hoje vamos escolher entre humildade ou arrogância”, disse ele. “Vamos escolher entre o arrependimento genuíno ou ser continuamente passivos em nossa abordagem ao abuso sexual na Convenção Batista do Sul. Escolheremos entre fazer o melhor para a Glória de Deus e para o bem das pessoas, ou escolheremos, novamente, os negócios como de costume”.

Além disso, será criada uma Força-Tarefa de Implementação da Reforma de Abuso a ser nomeada pelo recém-eleito presidente da Convenção Batista do Sul, Bart Barber, como também um site onde serão compartilhados “informações devidamente verificadas” sobre os ministros.

O site “Ministry Check”, que foi o foco da segunda recomendação, será “estabelecido e mantido por um contratado independente, com a ARITF para supervisionar e informar à Convenção sobre viabilidade, eficácia e custos”.



Os nomes listados no site serão pessoas que foram “acusadas com credibilidade”, de acordo com a recomendação.

Uma nota de rodapé da recomendação define aqueles “acusados ​​com credibilidade” como “pastor, trabalhador denominacional ou funcionário ou voluntário de ministério… que confessou abuso sexual em um ambiente não privilegiado, que foi condenado em um tribunal ou que teve uma sentença civil proferida contra eles”.

De acordo com o site Baptist Press, o documento também define que um “terceiro independente comissionado por uma igreja local ou outro corpo batista pode determinar, pela preponderância das evidências após um inquérito, que uma pessoa é acusada com credibilidade”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

navio-asiatico-com-tripulantes-com-covid-19-e-autorizado-a-operar-no-porto-de-santos

G1 Santos

Navio asiático com tripulantes com Covid-19 é autorizado a operar no Porto de Santos

Presidente do Sindicato dos Estivadores relata que os demais trabalhadores estão em pânico por ter que trabalhar à bordo da embarcação. Navio asiático atracado no Porto de Santos com tripulantes infectados pela covid-19 é autorizado pela Anvisa à operar — Foto: Reprodução Um navio porta-contêineres atracado no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, está com oito tripulantes com Covid-19, segundo informações do presidente do Sindicato dos Estivadores, Bruno […]

today15 de junho de 2022 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%