G1 Mundo

Blogueira que comprou e comeu tubarão-branco é multada em R$ 94 mil na China

today1 de fevereiro de 2023 51

Fundo
share close

Legislação chinesa proíbe compra, venda e consumo de animais selvagens desde 2020.




Blogueira come tubarão-branco e é multada na China

Blogueira come tubarão-branco e é multada na China

A blogueira Jin Moumou, conhecida como Tizi, foi multada após postar um vídeo em que aparece comprando, cozinhando e comendo um tubarão-branco, segundo um comunicado publicado no sábado (28) pelo Departamento de Administração e Supervisão de Mercado do Distrito de Nanchong, na China.

As investigações das autoridades revelaram que Jin comprou o tubarão-branco pelo site Taobao em abril de 2022, pagando 7.700 yuans (cerca de R$ 5.260) pelo animal. O vídeo, no entanto, foi postado apenas em julho nas plataformas Kuaishou e Douyin — e viralizou.

“Pode parecer cruel, mas sua carne é realmente muito macia”, afirma a blogueira no vídeo.

Especialistas da Academia Chinesa de Ciências Pesqueiras compraram outro tubarão-branco do mesmo vendedor utilizado por Jin e realizaram testes de DNA no animal. A análise comprovou que os tecidos examinados eram de fato da espécie indicada.

De acordo com as autoridades, a atitude de Jin violou a Lei de Proteção de Animais Selvagens da República Popular da China, o que acarretou em uma multa no valor de 125 mil yuans (R$ 94 mil).

O tubarão-branco é atualmente classificado como uma espécie vulnerável pela organização World Wildlife Fund. Em fevereiro de 2020, a China impôs a proibição total da compra, venda e consumo de animais selvagens.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

eua-prende-quatro-homens-suspeitos-de-terem-participado-de-assassinato-de-presidente-do-haiti-em-2021

G1 Mundo

EUA prende quatro homens suspeitos de terem participado de assassinato de presidente do Haiti em 2021

Moise foi assassinado na residência presidencial do Haiti em julho de 2021. Desde sua morte, o Haiti teve dificuldades para se organizar politicamente, e, na prática, grupos criminosos passaram a atuar como a autoridade de regiões do país. Nos meses seguintes ao assassinato, a polícia dos EUA chegou a prender três suspeitos importantes. Portanto, agora, sete indivíduos estão agora presos nos EUA por terem tido alguma participação no assassinato. Os […]

today1 de fevereiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%